Harry e Meghan Markle
Getty Images

Meghan e Harry embolsaram mais de R$ 1 bi desde sua saída da realeza britânica

12 Compartilhamentos
12
0
0
0
0

Feitas as contas, e mais de dois anos depois do #Megxit, já é possível dizer que Meghan Markle e o príncipe Harry acertaram quando trocaram as benesses financeiras da monarquia britânica pela oportunidade de tentar ganhar a vida por méritos próprios em Hollywood.

Desde janeiro de 2020, por exemplo, a duquesa e o duque de Sussex embolsaram estimados US$ 200 milhões (R$ 1 bilhão) graças aos vários contratos que fecharam com gigantes do entretenimento como a Netflix, que pagou a eles US$ 100 milhões (R$ 502 milhões) para a produção de atrações a serem incluídas em seu catálogo.

A primeira delas, “Heart of Invictus”, que está em fase de pós-produção, é uma série documental sobre a organização dos Jogos Invictus, uma competição multiesportiva para soldados e veteranos de guerra feridos e incapacitados que o ex-royal criou em 2014, e que considera ser seu maior legado como Sua Alteza Real.

Harry abriu mão do título, junto com Meghan, quando disse adeus para a realeza do Reino Unido e rumou para a Califórnia, terra dela, que por lá, e como atriz, conseguiu juntar uns US$ 4 milhões. Os dois também levaram pra casa US$ 75 milhões (R$ 376,5 milhões) do Spotify, que os contratou para produzir podcasts, e US$ 25 milhões (R$ 125,5 milhões) da gigante editorial americana Penguin Random House, para escrever livros.

E isso sem contar a herança de £ 10 milhões (R$ 62,5 milhões) que recebeu da mãe, a princesa Diana, morta em 1997, mais as outras £ 25 milhões (R$ 156,2 milhões) que herdou da bisavó, a rainha-mãe, que morreu aos 101 anos em 2002 e deixou muito mais dinheiro para seu bisneto do que para o irmão dele, o príncipe William, sob a justificativa de que esse último um dia será rei e terá muito mais do que qualquer outros dos Windsors que ainda estiverem vivos. E olha que na época Sua Majestade provavelmente nem sonhava que um dia o caçula do príncipe Charles daria as costas à Coroa…

Os Sussexes também torcem para poder cair na estrada o quanto antes possível com uma turnê de palestras, cobrando cada um US$ 100 mil (R$ 502 mil) por aparição. Eles tinham planos de fazer isso lá atrás, logo que fixaram residência nos Estados Unidos, mas daí veio a pandemia e mudou tudo, para os dois e para o resto do mundo.

Harrry também se tornou, em março do ano passado, executivo da BetterUp Inc., uma empresa americana fornecedora de cursos online sobre saúde mental, com salário de US$ 122 mil anuais (R$ 612,4 mil) – para um, basicamente, primeiro emprego na iniciativa privada, tá mais do que bom.

Você também pode gostar
Enrique Diaz

Um artista em movimento

Com uma carreira premiada como diretor de teatro e novela, Enrique Diaz brilha também como ator com seus…