Kylie Jenner || Créditos: Reprodução

Extra! Kylie Jenner teria mentido e até falsificado documentos para se passar por bilionária

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Kylie Jenner || Créditos: Reprodução

A semana termina com um novo escândalo no mundo das celebridades, e dessa vez a “protagonista” é Kylie Jenner. Apontada pela “Forbes” no ano passado como a bilionária “self-made” mais jovem da história, a caçula do clã Jenner/Kardashian acaba de ter o título que já foi de Mark Zuckerberg confiscado pela revista americana. Na verdade, agora a publicação está certa de que nem membro do clube dos dez dígitos ela é…

Recapitulando: no começo do ano, Jenner vendeu 51% de sua marca de cosméticos, a Kylie Cosmetics, para a gigante americana do setor Coty, em um negócio que lhe rendeu US$ 600 milhões (R$ 3,25 bilhões). Acontece que esse foi o valor embolsado pela jovem empresária antes da cobrança de impostos, e depois da mordida do leão o total que sobrou foi de US$ 340 milhões (R$ 1,84 bilhão).

Além disso, Jenner afirmou ainda quando estava detalhando suas fianças para os repórteres da “Forbes” que a Kylie Cosmetics obteve receitas de US$ 360 milhões (R$ 1,95 bilhão) em 2018, mas a própria Coty divulgou em um de seus balanços recentes que o faturamento da marca não passou de US$ 125 milhões (R$ 677,9 milhões) naquele ano, e portanto as comissões de sua fundadora foram bem menores.

Outras discrepâncias de números que saltam ao olhos foram descobertas pelo time da revista que analisa a riqueza de famosos, e no fim o patrimônio atribuído a Jenner por esses profissionais ficou abaixo de US$ 900 milhões (R$ 4,89 bilhões) – certamente uma montanha de dinheiro, mas ainda não chegou ao primeiro bilhão de dólares. Uma fonte próxima dela ouvida por eles classificou toda a história como “o segredo menos bem guardado” das Jenner/Kardashians. É vergonha alheia que fala? (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…