Bella Hadid durante o protesto que rolou no Brooklyn, no sábado
Bella Hadid durante o protesto que rolou no Brooklyn, no sábado || Créditos: Reprodução

Bella Hadid é criticada pelo Estado de Israel por participar de protesto pró-Palestina que rolou em NY

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Bella Hadid durante o protesto que rolou no Brooklyn, no sábado
Bella Hadid durante o protesto que rolou no Brooklyn, no sábado || Créditos: Reprodução

O Estado de Israel se pronunciou oficialmente contra Bella Hadid nesse domingo, em razão de a supermodelo ter participado, na véspera, de um protesto que rolou nas ruas de Nova York em favor dos palestinos que vivem na Faixa de Gaza e que nas últimas semanas alvos foram alvos de bombardeios israelenses que até agora resultaram em dezenas de mortes por lá.

“Quando celebridades como Bella Hadid pedem que judeus sejam atirados ao mar, o que na verdade elas estão pedindo é a eliminação do Estado Judeu. Essa é uma questão de humanidade. Que vergonha!”, Israel escreveu em seu perfil oficial no Twitter.

Hadid, que é filha do desenvolver imobiliário palestino Mohamed Hadid, esteve no último sábado em uma manifestação pró-Palestina que aconteceu na região da Bay Ridge de NY, nos arredores do Brooklyn, e reuniu milhares de pessoas. Desde o começo do conflito entre israelenses e palestinos ela tem se posicionado sobre o assunto nas redes sociais. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o tuíte postado pelo Estado de Israel:

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…