Publicidade

Ao considerar a jornada de Sergio Machado e refletir sobre suas notáveis conquistas e colaborações com figuras proeminentes, é fácil presumir que encontraríamos alguém envolvido em uma aura de vaidade, como muitos na indústria da moda. No entanto, o fundador do Le Petit Bureau, seu refúgio criativo situado no coração de Montmartre, e ex-diretor artístico da Trend Union, a agência líder em previsão de tendências dirigida por Li Edelkoort, está longe de se conformar a tais estereótipos.

Com um sorriso sincero e uma gentileza que te envolve desde o primeiro olhar, Sergio passa seus dias cortando papéis, desenhando e criando para renomadas marcas. Sua carreira profissional foi se desenrolando meio que por acaso, uma vez que, como advogado, acabou acidentalmente adentrando o mundo do estilismo. Em pouco tempo, tornou-se um dos integrantes da lista de criativos brasileiros que deixaram o país para estudar no exterior, trabalhar ao lado de grandes nomes da moda, adquirir experiência e montar o seu próprio negócio.

 

Formado em direito pela PUC, Machado fez sua primeira transição da advocacia para o gerenciamento de voos da Air France. Essa mudança o levou a desfrutar de viagens frequentes à Europa. Mais tarde, descobriu sua paixão pela moda e deu início a uma trajetória profissional singular. Em 1994, enquanto ainda estava em São Paulo, decidiu participar do Smirnoff Fashion Awards, um concurso de grande importância na época, destinado a estilistas amadores.

O vestido de organza com placas de cobre não só conquistou o primeiro lugar na fase nacional, mas também marcou o primeiro encontro do ganhador com o estilista inglês Abe Hamilton, um dos membros do júri do evento. Na etapa final mundial, sediada em Dublin, na Irlanda, Machado conquistou o segundo lugar no pódio, dando início a uma série de conquistas no cenário internacional da moda.

Durante uma visita a Londres, Sergio teve a oportunidade de conhecer o ateliê de Hamilton, o que culminou em um estágio de seis meses na maison. Esse período foi crucial para sua formação, preparando-o para ingressar no prestigioso ateliê de Vivienne Westwood. Mais tarde, em Paris, esteve ao lado de John Galliano. E foi na Cidade Luz que ele não apenas frequentou as aulas no Studio Berçot, mas também cativou a admiração de outra influente figura, Marie Rucky.

Nos últimos vinte anos, Sergio estabeleceu uma parceria próxima com Li Edelkoort, colaborando regularmente em projetos para grandes marcas internacionais, muitos deles concebidos no @le_petit_bureau

A trajetória de Sergio Machado inspira não apenas aspirantes a designers, mas também todos aqueles que buscam realizar seus sonhos com paixão e dedicação.

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 23 de Abril

Dia 23 de Abril

Hoje vamos com as noticias mais estilosas da primavera A França, esse querido país da moda e da...

Instagram

Twitter