Publicidade

Animal print

Usada por Jackie Kennedy e Kate Moss, revisitado por Christian Dior, Saint Laurent e Celine, a estampa de leopardo está de volta às passarelas da temporada de verão. Apresentada em acessórios sutis e peças leves para uma aparência sofisticada, ela se renova e adiciona um toque selvagem ao guarda-roupa. Ostensiva para alguns, tendência para outros, a estampa de leopardo é um motivo recorrente nas coleções de moda. Injetada com parcimônia no cerne das coleções femininas, ela orquestrou especialmente seu grande retorno nos últimos meses. Além disso, o ressurgimento do interesse pela estampa de leopardo acompanha a recorrência do estilo indie sleaze observado desde o final de 2023. Este guarda-roupa geracional, apreciado pelos millennials, possui um toque boêmio associado aos anos 1990 e 2000. Tendo toques de rock com uma aparência andrógina, é composto principalmente por peças vintage, jeans slim, botas, blusas, mas também por peças com estampas de leopardo.

 

Luz e sombra

Foi em estreita colaboração com o artista Paolo Roversi que o Palais Galliera concebeu esta magnífica exposição: a primeira monografia parisiense dedicada ao fotógrafo de moda italiano, que imortalizou os maiores modelos e estilistas como Yohji Yamamoto, Romeo Gigli e Rei Kawakubo para Comme des Garçons. Sua assinatura é sempre reconhecível: tonalidades suaves e sépia nos tons de preto e branco à luz do dia, densidade e profundidade das cores à luz da lanterna. Fruto de experiências mágicas que os fazem parecer pinturas, 140 fotografias misteriosas, irreais e poéticas flutuam em uma cenografia depurada e aconchegante, inspirada na atmosfera de seu estúdio. Um vislumbre em imagens.

 

Páscoa salgada

Sem surpresa, os chocolates vão ficar mais caros para os franceses este ano, com os preços subindo, especialmente nos produtos estrela da Páscoa, de acordo com um estudo da UFC-Que choisir. O aumento é de 5% entre a Páscoa de 2023 e 2024. Há duas razões principais para essa inflação: primeiro, o preço do cacau está disparando e nunca foi tão alto. De fato, poucos dias antes da Páscoa, o preço do cacau atingiu novos recordes históricos, ultrapassando os 10.000 dólares por tonelada em 26 de março em Nova York, antes de recuar ligeiramente, impulsionado pela escassez de fornecimento devido às más colheitas. As condições climáticas foram muito ruins e resultaram em uma diminuição na produção mundial. Mas nos chocolates de Páscoa, o teor de cacau geralmente é baixo. Portanto, essa alta de preços também é explicada pelo açúcar, que também está ficando mais caro, principalmente devido aos preços da energia.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 16 de Abril

Dia 16 de Abril

Corte de patriarcas Já mencionamos esta exposição antes, mas vale a pena destacar a obra “Old People’s Home”...
Dia 15 de Abril

Dia 15 de Abril

Renovação com Estilo Charlie, Billie, Joey e Rita não são apenas ótimas companhias, são extremamente úteis também. Estas...

Instagram

Twitter