Tá podendo? Que tal um safári de 1 milhão de dólares pelo mundo?

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
O Zafara Camp, em Botsuana, na África

Uma empresa inglesa acaba de anunciar o roteiro de safári mais caro do mundo. O pacote, que custa 1 milhão de dólares, quase 2,5 milhões de reais, dá direito a um casal ver de pertinho as espécies mais ameaçadas do mundo em seu habitat natural. Promovido pela empresa Natural World Safaris, que fica em Brighton, na Inglaterra, o pacote oferece um roteiro que se estende por 12 países, desde o Ártico do Canadá até a península da Antártica, durante 111 dias. Há a opção de “dividir” a viagem em vários meses.

Inclui aí voos de primeira classe e alojamento de luxo -quando disponível-, como no Zafara Camp, em Botsuana, África, onde tendas de luxo possuem piscinas privadas, banheiros de cobre e tudo movido a energia 100% solar. Segundo Will Bolsover, gerente da empresa, serão doados por volta de US$ 100 mil à instituição Convention of International Trade in Endangered Species of Wild Fauna and Flora  por cada pacote comprado. “O alto custo do pacote se justifica pela ameaça enfrentada por essas espécies e a introdução de um fluxo de turistas nesses ambientes delicados. Eu prefiro colocar um número limitado de pessoas a um custo maior do que uma massa de gente que iria impactar muito mais a natureza por um preço mais baixo”, disse ele. Assunto polêmico.

*Saiba mais sobre o safári mais caro do mundo no site da empresa.

Da esquerda para a direita, o gorila da mantanha em Ruanda, o acampamento Whichaway no Canadá, rinoceronte negro da Namíbia e o camaleão pantera na ilha de Madagascar
Você também pode gostar