Nicolas Sarkozy usou um pseudônimo para comprar uma segunda linha de celular. Medo de grampos?

Sarkozy usa pseudônimo para comprar segunda linha telefônica

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

 

Nicolas Sarkozy usou um pseudônimo para comprar uma segunda linha de celular. Medo de grampos?

Quem muito se esconde procura um motivo para ser achado. Bem, pelo menos é isso que está acontecendo com o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, que está sendo acusado pelo jornal “Le Monde” de comprar um segunda linha de celular com documento de um pseudônimo. Ele teria recebido ajuda de seu advogado, através de uma procuração, para realizar a operação, que despertou ainda mais suspeitas sobre seus conhecidos casos de corrupção na época em que era presidente, já que foi através de grampos em sua linha telefônica que a justiça obteve as primeiras denúncias.

Sarkozy já havia usado um pseudônimo em 1995, dois meses de Edouard Balladur ser vencido por Jacques Chirac na corrida presidencial. Como Edouard era o candidato preferido de Nicolas, ele escrevia numa coluna do jornal “Ecos” sob o nome de Mazarin, cartas fictícias de conteúdo ácido destinadas a Chirac. Para que ele está escondendo seu nome novamente? Só o tempo dirá…

Você também pode gostar