Reynaldo Gianecchini pela Amazônia: os detalhes da expedição engajada do ator pela floresta

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Reynaldo Gianecchini na Amazônia || Créditos: Arquivo Pessoal

Com o fim da temporada paulistana da peça “Os Guardas de Taj”, no Teatro Raul Cortez, em São Paulo, Reynaldo Gianecchini tratou de dar sequência ao seu ano sabático, interrompido temporariamente por conta da produção. Passou essa semana explorando o Amazonas, onde chegou segunda-feira para conhecer não apenas a floresta, mas também a Fundação Almerinda Malaquias, no município de Novo Airão (200 km de Manaus), que desde 1991 oferece educação ambiental para crianças da região. Por lá, o ator conversou com os professores, acompanhou um pouco do trabalho da ONG, além de dar aquela turistada boa com passeio de bicicleta e interação com os botos e a população local, quase um anônimo. Ali viveu dias de simplicidade sentindo como é a rotina dos ribeirinhos. “Eu tive momentos maravilhosos ali. A cidadezinha tem um povo muito acolhedor e querido”, conta o ator, que retornou nessa quinta-feira para o Rio.

Na passagem pela Amazônia, Gianecchini se hospedou no Mirante do Gavião Lodge, refúgio ecológico às margens do Rio Negro e em frente ao Parque Nacional de Anavilhanas. Aos interessados em repetir a viagem, fica a dica: a diária em bangalô para casal no Mirante do Gavião Lodge sai por R$ 4.520, com refeições incluídas, além de passeios e expedições pela floresta Amazônica.

Em tempo: Após as gravações de “A Lei do Amor”, que terminou em março de 2017, o ator pediu pelo menos um ano de férias à Rede Globo. Recentemente, renovou o contrato com a emissora por mais quatro anos, e é esperado para voltar ao ar em breve. Além disso, Glamurama também notou que Giane está mais magro, já que tem optado cada vez mais por uma alimentação vegetariana e balanceada.

Abaixo, fotos que só o Glamurama tem da expedição engajada feita pelo ator.

Você também pode gostar