Catarina (Bruna Marquezine) e Constantino (José Fidalgo) Catarina (Bruna Marquezine) e Constantino (José Fidalgo) || Créditos: Divulgação/TvGlobo

Prepara! “Deus Salve o Rei” está prestes a estrear e os atores são só elogios para a produção

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Catarina (Bruna Marquezine) e Constantino (José Fidalgo) em cena de “Deus Salve o Rei” || Créditos: Divulgação/TV Globo

Marina Ruy Barbosa, Bruna Marquezine, Romulo Estrela, Tata Werneck e elenco apresentaram, nessa quinta-feira (14), nos Estúdios Globo, a próxima novela das sete, “Deus Salve o Rei”, a primeira produção medieval da emissora, escrita por Daniel Adjafre, com direção artística de Fabrício Mamberti.

Os atores se emocionaram e vibraram muito ao ver o clipe com as cenas da trama, pois tiveram a dimensão de como a novela irá ao ar de verdade, já que as gravações são realizadas em cenários pequenos ou em chroma key, aquele fundo verde. As cenas são posteriormente manipuladas com computação gráfica, criando cenários nórdicos e medievais. “Contratamos os melhores profissionais de cenografia e produção de arte, que têm feito um trabalho espetacular. Além disso, o elenco foi escolhido a dedo. São bons atores, que se dedicam e mergulham. As oficinas em grupo os ajudaram a criar uma intimidade para encarar esse dia-a-dia”, elogiou sua equipe Fabrício Mamberti.
Tata Werneck e Bruna Marquezine foram às lágrimas durante o evento. “Essa novela é muito cuidada por todos nós, a gente sai cansada, mas realizada, com questões na cabeça. Você não descansa e está o tempo todo pensando nela, está demais!”, disse Marquezine. “É uma sensação de muito prazer e realização fazer uma vilã e principalmente de uma história de época. Isso  tem uma magia, é um conto, a gente tem permissão pra ir um pouco além. A Catarina é malvada de verdade. Se não tiver verdade, o público não acredita. Houve sempre uma preocupação de criar essa história de forma consistente, para que o público pudesse embarcar”, falou Bruna Marquezine.
Os convidados puderam conhecer os cenários dos reinos de Montemor e Artena, em que os personagens estarão inseridos, além de conhecer um pouco da música e das danças da época. Clipes foram exibidos para mostrar como a novela tem sido criada, desde os cenários, os objetos de cena até o figurino, para dar veracidade à trama que terá muita ação e lutas de espadas. “Estamos falando da idade média, entre o século XIV e XV, tem muita luta de espadas, eram épocas de conquistas, essas pessoas saiam em expedição para duelar por seu espaço. Além da computação gráfica, temos uma equipe de dublês”, contou Romulo Estrela, que completou: “Fizemos uma preparação com diretor argentino Eduardo Milewicz. Durante três semanas tivemos aulas de arco e flecha, luta com espadas, corporal e em cima de cavalos.” Romulo interpreta o príncipe Afonso, que larga seu reino pelo amor da plebeia Amalia (Marina Ruy Barbosa). “A Amália tem uma força muito grande, é intensa, guerreira e isso está me inspirando, porque cada personagem que a gente faz mexe um pouco com a gente. Ela luta, sobe no cavalo, lança flecha, tem muita ação. A personagem acredita no amor e que pode casar com o homem que ama e ser feliz pra sempre”, vibrou Marina. Vale lembrar que a novela estreia no dia 9 de janeiro!
Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…