Bloco de luz de Tetris
Bloco de luz de Tetris || Créditos: Getty Images

Nos 32 anos da criação do Tetris, 7 curiosidades sobre o videogame

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Muito antes de Halo, Call of Duty ou Grand Theft Auto, o grande hit entre os fãs de videogames era o Tetris, lançado há exatos 32 anos nesta segunda-feira. Criação do matemático russo Alexey Pajintov, o Tetris é até hoje o game mais comercializado da história, com 425 milhões de cópias vendidas.

E, mesmo depois de tanto tempo, o jogo baseado nos pentaminós do matemático americano Solomon Golomb continua superpopular: sua versão no Facebook, a Tetris Battle, que dá aos usuários do site de relacionamentos a opção de jogar com amigos, já foi disputada 20 bilhões de vezes. (Por Anderson Antunes)

Glamurama listou algumas curiosidades sobre o games mais popular de todos os tempos:

De graça

Alexey Pajintov  || Crédito: Getty Images
Alexey Pajintov || Crédito: Getty Images

Em 1984, meses antes de lançar o Tetris, Pajintov se viu em um ambiente político em plena efervescência da União Soviética que tornava proibitiva qualquer possibilidade de publicar o game por conta própria. Para resolver o problema, ele cedeu os direitos do Tetris para o governo por 10 anos e, só depois desse período, começou a receber royalties por sua criação.

Não, obrigado

Nintendo Game Boy
Nintendo Game Boy || Créditos: Getty Images

Hoje praticamente dissociável do Game Boy, da Nintendo, o Tetris não agradou a gigante japonesa dos videogames à primeira vista. A empresa temia que o game não se tornasse popular com as crianças, porém mais tarde mudou de ideia e vendeu, em apenas um ano, 35 milhões de cópias do game, não somente para crianças mas também para adultos.

Recomendado

Um delegado joga um jogo de tetris em seu telefone celular  || Créditos: Getty Images
Um delegado joga um jogo de tetris em seu telefone celular || Créditos: Getty Images

O Tetris faz bem para a saúde, pelo menos de acordo com mais de 30 estudos científicos feitos ao longo das últimas três décadas. Um estudo de 1992 concluiu que o jogo ajuda o cérebro a operar de maneira mais eficiente. Já um estudo de 2008, da Oxford University, chegou a conclusão de que o Tetris pode ajudar pessoas que sofrem se transtorno de estresse pós-traumático. Em 2013, cientistas também descobriram que o Tetris é bastante eficiente no tratamento da ambliopia, conhecida como síndrome do olho preguiçoso.

Artsy

Was7321236
MoMA || Créditos: Getty Images

Junto com Pac-Man, Myst e outros games, o Tetris está em uma exibição do Museu de Arte Moderna de Nova York, uma das instituições de artes mais respeitadas dos Estados Unidos. Por lá, os visitantes podem jogar a versão original do game, de 1984.

Melhor que dieta

rpjPage12
Bloco de luz de Tetris || Créditos: Getty Images

Além de fazer bem para a saúde, o Tetris também ajuda a emagrecer. Psicólogos da Plymouth University, do Reino Unido, descobriram em 2014 que apenas três minutos jogando Tetris por dia ajudam a reduzir o apetite. O game também é indicado pra quem quer parar de fumar.

Clássico

A música tema do Tetris é um clássico, literalmente. Trata-se de uma versão baseada na canção folk-russa Korobeiniki, do século 19.

Na passarela

Detalhes dos desfiles Paul Smith e Phillip Lim
Detalhes dos desfiles Paul Smith e Phillip Lim || Créditos: Getty Images

O Tetris também já serviu de inspiração para as coleções de vários estilistas. Em 2012, Phillip Lim se inspirou no jogo para criar seus modelos de outono/inverno apresentados naquele ano. O inglês Paul Smith fez o mesmo em sua última coleção de outono/inverno, que esgotou em questão de dias nas lojas.

Você também pode gostar