Gusttavo Lima investe em novos negócios e afirma: “Quem tem filhos sabe o quanto é caro”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Gusttavo Lima || Créditos: Divulgação

Gusttavo Lima, 28 anos, é nome por trás dos maiores hits sertanejos da atualidade. Com um pé no sertanejo de raiz e outro no universitário, o cantor natural de Presidente Olegário, Minas Gerais, e nascido com o nome Nivaldo Batista Lima conquistou o Brasil – só no Instagram ostenta mais de 11 milhões de seguidores – e tudo o que faz vira notícia. Além de ser pai de família e dono da  própria carreira, agenciando cada detalhe do seu trabalho nos palcos, ele acaba de entrar em um novo negócio e se tornou sócio do misto de steakhouse e bar “Coronel’s”, ao lado da dupla Cesar Menotti e Fabiano, que vai se transformar em uma rede.

Casado desde 2015 com Andressa Suita, o casal é pai de Gabriel, que faz um ano em junho, e já espera pela chegada de Samuel. Com apenas 20 anos, ele assinou contrato com a Som Livre, a maior gravadora do país, mostrando que seria capaz de prosperar sozinho em um metiér dominado pelas duplas. Até chegaram a sugerir que Gusttavo se juntasse a outro cantor, conselho que até hoje agradece por não ter ouvido. E é neste momento de auge e expansão de sua carreira que Glamurama bateu um papo com ele. Vem ler que tá bom demais da conta!

Glamurama: Você é minoria entre uma enxurrada de duplas sertanejas e prosperou mais do que muitas delas. No início da carreira encontrou resistência do público e de seus colegas?
Gusttavo Lima: “Quando eu comecei a fazer sucesso já tinham cantores solos bem sucedidos, como Leonardo e Daniel, claro que no caso deles o destino os levou para essa situação. Era e ainda é mais comum formar uma dupla, inclusive sugeririam que eu seguisse dessa forma, ainda bem que não escutei estes conselhos. No geral não tive tanta resistência, o maior sempre foi mesmo por conseguir oportunidades.”

Glamurama: O que você acha dessa forte onda de mulheres que vem conquistando espaço no sertanejo com o ‘feminejo’?
Gusttavo Lima: “Sensacional!!! O forte da música sertaneja é a renovação e elas fizeram isso com muita competência.”

Glamurama: Tem algum tabu ou estigma que ainda precisa ser quebrado com a música sertaneja?
Gusttavo Lima: “Acho que a música sertaneja já quebrou vários tabus, inclusive o de entrar no Rio de Janeiro que é onde sempre encontramos muita resistência. Espero que ainda possamos conseguir outras vitórias e respeito como o estilo mais ouvido no Brasil.”

Glamurama: Alguém ainda te chama de Nivaldo?
Gusttavo Lima: “Minha mãe chamava…” (risos) “Algumas vezes um irmão me chama assim, mas até a família adotou Gusttavo.”

Glamurama: Com a abertura do Coronel’s Grill & Bar o sertanejo passa a ser também um negócio para você? Por que decidiu investir no cenário gastronômico e boêmio de São Paulo?
Gusttavo Lima: “Na verdade eu tenho participação na marca Coronel’s, que a ideia é transformar em uma rede. Eu não conseguiria tempo para administrar se fosse sócio do negócio.”

A atmosfera do Coronel’s Grill & Bar, que abre nesta terça-feira para convidados em São Paulo || Créditos: Divulgação

Glamurama: Esta é a primeira vez que você faz uma sociedade com Cesar Menotti e Fabiano? Qual a dica para trabalhos em conjunto darem certo?
Gusttavo Lima: “Sim. Então, como no nosso caso é associar a imagem e sociedade da marca não tem muito segredo.”

Glamurama: Você tem mais negócios? Quais?
Gusttavo Lima: “Meu foco é sempre minha carreira, que me consome muito tempo, já que decidi ser meu próprio ‘dono’.”

Glamurama: A ideia para o futuro é diminuir o ritmo de viagens e se concentrar nos negócios mais “fixos”, que vão te permitir ficar mais tempo com a família?
Gusttavo Lima: “A ideia é ter mais tempo para família sim, só não posso esquecer que tenho filhos para criar, e quem tem filhos sabe o quanto é caro…” (risos)

Glamurama: Como é ter uma família para cuidar e viver na estrada cumprindo agenda cheia de shows? O que fazer quando bate a saudade?
Gusttavo Lima: “Depois do nascimento do Gabriel eu mudei bastante minha rotina, volto para casa mais vezes. Antes eu saía para uma sequência e ficava fora até terminar. Hoje faço mais bate e volta. Não quero perder as descobertas do Gabriel e também do Samuel que está para chegar.”

Glamurama: O que a paternidade trouxe para a sua vida? Foi transformador?
Gusttavo Lima: “Um Gusttavo com olhar diferente. Consigo ver e entender mais as necessidades dos outros. Me transformei numa pessoa muito melhor.”

Glamurama: Algum novo projeto em vista pra dividir com a gente?
Gusttavo Lima: “Acabei de ser convidado para ser, pelo segundo ano consecutivo, Embaixador da Festa de Peão de Barretos. Fico lembrando de quando eu sonhava em só participar do rodeio. Outra coisa é seguir com a turnê “Buteco do Gusttavo Lima”, quero muito fazer um projeto e receber convidados especiais para algumas apresentações pelo Brasil.”

Glamurama: O que ninguém sabe sobre o Gusttavo Lima? 
Gusttavo Lima: “Eu falo tanto sobre mim, que não tenho muitos segredos, uma mania é comer mexido. Pegar tudo que tem e misturar na panela, arroz, feijão, ovo… Só não posso dizer que é um talento porque só o que faço é misturar mesmo.” (risos)

Glamurama: Você é um cara vaidoso? Usa produtos de beleza com frequência?
Gusttavo Lima: “Sou bem vaidoso. Não obcecado, mas gosto de bons perfumes e produtos do cabelo – pomada principalmente.”

Glamurama: Nesta semana você se apresentou de cobertor para se proteger do frio. De onde surgiu essa ideia?
Gusttavo Lima: “Estava com muito frio e vi na plateia uma menina com cobertor. Fiz um sinal e ela me emprestou. Eu sou uma pessoa comum e sinto frio também, você não tem noção de como faz frio no palco, o vento chega a cortar.” (Por Julia Moura)

Que friiiiio bb!!! ❄️❄️⛄️

Uma publicação compartilhada por Gusttavo Lima (@gusttavolima) em

Você também pode gostar