O conselheiro financeiro Kenneth Starr é preso por desfalcar celebridades em US$ 30 milhões.

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

O closet de um apartamento avaliado em US$ 7,5 milhões, em Nova York, foi o lugar escolhido como o esconderijo de Kenneth Starr, de 66 anos. Preso pela Polícia Federal norte-americana, nessa quinta-feira, o conselheiro financeiro é acusado de ter aplicado um golpe em uma longa lista de celebridades, entre elas Uma Thurman, Wesley Snipes, Sylvester Stallone, Al Pacino, Martin Scorsese e Annie Leibovitz. O total usurpado? Nada menos que US$ 30 milhões.

* Segundo o jornal norte-americano "The New York Times", Starr tinha uma operação semelhante à de Bernard L. Madoff, condenado a 150 anos de prisão por crime financeiro, só que em proporções menores. Resta saber se as celebridades vão voltar a ver a cor desse dinheiro…

Martin Scorsese, Al Pacino, Sylvester Stallone e Uma Thurman: vítimas de Starr

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…