Nas lojas da GameStop, o movimento de clientes continua baixo. Já a ação da empresa...
Nas lojas da GameStop, o movimento de clientes continua baixo. Já a ação da empresa… || Créditos: Reprodução

Como uma rede de lojas de games em crise se tornou o ativo mais quente do momento em Wall Street? Glamurama conta

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Nas lojas da GameStop, o movimento de clientes continua baixo. Já a ação da empresa...
Nas lojas da GameStop, o movimento de clientes continua baixo. Já a ação da empresa… || Créditos: Reprodução

E um dos assuntos mais quentes da semana em Wall Street foi a surpreendente disparada no valor de mercado da GameStop, uma rede de lojas americana especializada na venda de games e afins, que foi de US$ 560 milhões (R$ 3,07 bilhões) para US$ 13,5 bilhões (R$ 74 bilhões) em apenas alguns meses. Com suas ações negociadas na bolsa de valores de Nova York há anos, a empresa já teve dias melhores, já que atualmente a maioria dos consumidores desses produtos prefere comprá-los pela internet.

Mas o motivo que levou a GameStop a se valorizar quase 3.000% de setembro pra cá, com grande parte desse aumento tendo sido registrado nas últimas duas semanas, não foi resultante de um surgimento repentino de milhares de clientes em seus pontos de venda espalhados pelos Estados Unidos, mas de uma estratégia traçada por investidores independentes que se reuniram no site de fóruns Reddit.

A turma resolveu se vingar dos colegas mais estabelecidos nos mercados de capitais, que ganharam muitos milhões (e até mesmo bilhões) com o sobe desce das bolsas durante a pandemia, promovendo um boicote às avessas. É que a ação da GameStop, que não valia nada cerca de quatro meses atrás, era uma das favoritas dos administradores de hedge funds que apostam na queda de certos papéis e, quando acertam, ganham muito dinheiro com isso.

A ideia deles era bem simples, e basicamente deu muito certo: quanto mais o papel sobe no pregão, mais os donos desses fundos de alto risco perdem dinheiro. Um deles, o bilionário Leon Cooperman, chegou a reclamar do “ataque” ao vivo na televisão. “Isso é o que dá ter um monte de gente em casa recebendo auxílio do governo e com tempo livre pra incomodar os ricos”, ele disse na CNBC, um famoso canal dos EUA especializado em notícias econômicas.

Mas de todos os envolvidos nessa história, direta ou indiretamente, o que certamente deve estar mais rindo à toa nesse momento é Ryan Cohen. Cofundador do site Chewy, uma espécie de pet shop virtual que foi comprado em 2017 pela gigante PetSmart em um negócio de US$ 3,35 bilhões (R$ 18,35 bilhões), Cohen investiu US$ 72 milhões (R$ 394,5 milhões) na compra de 9 milhões de ações da GameStop, quando cada uma valia meros US$ 8 (R$ 43,83).

Acontece que agora o mesmíssimo ativo tem um valor unitário de… US$ 194 (R$ 1.063), o que transformou os US$ 72 mi desembolsados por Cohen há menos de um ano em um senhor pé de meia de US$ 1,8 bilhão (R$ 9,86 bilhões). Voltando aos justiceiros virtuais do Reddit, muitos deles já pensam em repetir a tática por trás do sucesso conquistado com a especulação da ação da GameStop em outras empresas na mesma situação. E, sim, já tem gente no Brasil se movimentando na mesma direção… (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…