Detalhe do convite criado pelos artistas Detanico & Lain e a fachada da Casa do Povo || Créditos: Divulgação

Casa do Povo arma jantar especial e o motivo é dos mais nobres. Aos detalhes!

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Detalhe do convite criado pelos artistas Detanico Lain e a fachada da Casa do Povo || Créditos: Divulgação

A Casa do Povo, instituição cultural que Glamurama adora, foi inaugurada em 1953 em memória aos que sucumbiram nos campos de concentração nazistas e nasceu para ser um monumento vivo, um lugar em que a memória serve como base para a construção do futuro. E é pensando lá pra frente que o espaço realiza no dia 18 de setembro o segundo Jantar da Casa do Povo, que tem como principal objetivo reunir pessoas que se interessam pela vida cultural de São Paulo e que querem apoiar e conhecer melhor o que o projeto tem a oferecer.

Com convites individuais já à venda por R$1 mil, a noite conta com uma comissão organizadora formada por Eliana Finkelstein, Flavia Matalon, Joyce Pascowitch, Lilian Starobinas, Renata Schmulevich, Renato Cymbalista e Susana Steinbruch. Durante o jantar será apresentado o projeto de reforma do prédio assim como o uso feito dos recursos arrecadados no evento do ano passado. A receita deste ano dará inicio ao restauro do edifício com o objetivo de fortalecer um espaço cada vez mais importante para a compreensão da nossa cidade.

Glamurama já sabe que o evento começa com uma visita pelo prédio onde fica a Casa do Povo, projetada pelos arquitetos Ernest Mange e Jorge Wilheim, seguido de um coquetel e logo depois jantar para 200 pessoas. O melhor? Quem comprar um lugar nessa disputada mesa leva pra casa uma obra de arte limitada, afinal, o convite impresso é uma obra de arte criada pelos artistas Detanico Lain – ano passado Marcelo Cipis foi o responsável por esse concorrido detalhe. Vai ficar de fora?

Para reservar seu lugar ou ter mais informações, basta entrar em contado com a Casa do Povo pelo e-mail veridiana@casadopovo.org.br.

Você também pode gostar