Kenny Goss e George Michael
Kenny Goss e George Michael || Créditos: Reprodução

Briga judicial entre ex-namorado de George Michael e família do cantor chega ao fim. Aos detalhes!

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Kenny Goss e George Michael
Kenny Goss e George Michael || Créditos: Reprodução

Chegou ao fim a batalha judicial entre Kenny Goss, ex-namorado de George Michael, e a família do cantor morto em 2016. O imbróglio começou em outubro do ano passado, quando Goss decidiu processar os familiares de Michael depois da várias tentativas ao longo dos anos para convencê-los a incluí-lo no testamento do intérprete de “Somebody To Love”, todas sem sucesso.

Goss, que nunca foi oficialmente citado pelo popstar como um de seus herdeiros, reivindicava deles uma pensão mensal de US$ 21 mil (R$ 111,3 mil), sempre alegando que havia colocado sua própria carreira em segundo plano para se dedicar à relação com Michael que, entre várias idas e vindas, durou quase 15 anos.

Na ocasião da morte de Michael há quase cinco anos, os dois já não formavam um casal, razão pela qual seus familiares não viam muito sentido em beneficiá-lo financeiramente. Mas, no fim, eles mudaram de ideia e fecharam um acordo com Goss fora dos tribunais estimado em US$ 2 milhões (R$ 10,6 milhões), ou cerca de 1% da fortuna deixada pelo ex-integrante do Wham!. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar