Assim como várias celebs internacionais, Paula Toller decidiu ir além da música e apostar em… vinhos. Entenda!

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Ter um espumante que leva seu nome não é para qualquer um. Pois Paula Toller tem! A gente explica. O isolamento social exigido pela Covid-19 deu à cantora a oportunidade de se dedicar a novos projetos e antigos sonhos. Logo no início da pandemia, Paula decidiu se aprimorar no violão. Chamou Gustavo Camardella, guitarrista de sua banda, para lhe dar aulas online e desde então vem praticando em casa.

Com 38 anos de carreira, ela gravou pela primeira vez uma música com seu filho Gabriel. Ele estava morando na Europa e voltou ao Rio de Janeiro pouco antes do início da quarentena. “Passamos esse tempo juntos e foi muito bom ter a voz dele comigo nessa canção”. O single “Eu amo brilhar” já está disponível nas plataformas de música e a parceria inédita também vai virar um videoclipe, produzido por Gabriel, que acaba de completar 31 anos.

Além da música, em 2020 Paula focou em outra paixão, os vinhos. O resultado é que ela acaba de lançar o LaToller Brut Rosé. Chique né? Com a assinatura do enólogo Luiz Henrique Zanini, da Vallontano, o espumante foi desenvolvido em um ano de safra excepcional no Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul. Serão vendidas apenas 1200 garrafas e todas levam o título de uma música de sucesso da cantora, como “Te amo para sempre” e “Eu tive um sonho”. “Sou empolgada com as coisas boas que o Brasil produz e o espumante brasileiro está cada vez mais valorizado. Ter meu nome nessa parceria é um grande prazer”.

Em tempo: não é de hoje que celebs internacionais apostam no universo das bebidas. É o caso de Angelina Jolie e Brad Pitt, que tem sua própria vinícola, Cameron Diaz, que deixou a carreira de atriz de lado para lançar sua marca de vinhos orgânicos, e outros como o cineasta Francis Ford Coppola e o cantor Andrea Bocelli, só para citar alguns. Santé!

Você também pode gostar