Publicidade
Instambul
Foto: Reprodução/Unsplash

Minha última visita a Istambul foi há 12 anos. Tenho ótimas recordações e queria escrever sobre este destino que me encantou. Busquei a melhor Insider, que escreveu diretamente de Istambul, @rekonnect.

Se é sua primeira visita à cidade da Turquia, não dá para deixar de ir a alguns lugares bem turísticos, mas maravilhosos! Afinal, estamos em Istambul, algumas horinhas distantes do Brasil e rodeada de história.

O primeiro deles é a Mesquita da Hagia Sofia, que significa “sabedoria divina”. Ela foi construída como uma catedral cristã, mas foi convertida em uma mesquita muçulmana em 1453, quando o sultão otomano Mehmed conquistou Constantinopla.

Fotos: Renata Kogut

Logo ao lado está a Mesquita Azul (Blue Mosque), construída em 1609 a pedido do sultão Ahmed I, que queria demonstrar sua força e poder através de uma mesquita mais imponente que a da Hagia Sofia. Ela está cheia de vitrais lindos!

Ainda no mesmo bairro de Sultanahmet, onde ficam as duas mesquitas, está o palácio Toptaki, que serviu como centro administrativo e residência da corte imperial otomana de 1478 a 1856. O ponto alto do palácio é a exibição das joias usadas na época! Peças lindas.

Ali pertinho, vale muito a pena conhecer a cisterna da Basílica, construída no ano 532 a pedido do imperador Justiniano. A construção é realmente incrível! Não deixe de fotografar a linda estátua da Medusa que está no meio da cisterna.

Não dá para não conhecer o famoso Grand Bazar! Um lugar imenso, cheio de lojinhas onde você encontra de tudo:  joias, semijoias e bijoux, além dos lindos tapetes e almofadas. O bazar é imenso e lotado, mas é muito divertido!

Perto do Grand Bazaar está o bazar de especiarias (Spice Bazaar). “Fiquei louca com a variedade e quantidade de especiarias vendidas!” @reKonnect é fã de gastronomia e tem feito eventos de ayuverda, imagino como ela ficou vendo tanto variedade de especiarias no mesmo lugar. No spice bazar você encontra muitos chás, pós, frutas secas e temperos! Uma alegria para quem gosta de experimentar tudo isso!

Outras Tips  bacanas:

Provar o banho turco em um Hamami (casa de banhos antiga). Fomos no Cagaloglu Hamami, no bairro de Sultanahmet (https://cagalogluhamami.com.tr/en/). O lugar já é lindo por si só! Existem várias opções de serviços. Fizemos uma sauna de 15 min, seguida de uma boa exfoliação no corpo todo, e uma massagem com espuma de banho que durou 35 minutos (80 euros). No final, super relaxada, você ainda toma um chá turco e prova uns docinhos bem típicos.

  • Comer baklava (doce típico turco) no Karakoy Gulluoglu (https://www.karakoygulluoglu.com/en). Loja fundada em 1820 e conhecida por ter os melhores baklava de Istambul. Eles têm a versão vegana também. O “segundo melhor” é o Hafiz Mustafa, localizado perto do palácio Topkapi.

  • Tomar muitos sucos de romã. Existe uma fartura dessa fruta no país e vários quiosques na rua. E a romã é uma fruta super nutritiva e saborosa.
  •  Visitar o palácio Dolmabahçe, que foi construído entre 1842 e 1853 para a moradia do sultão Abdülmecid.  E onde o primeiro presidente turco, Mustafa Kemal Ataturk, viveu seus últimos dias. Lá está o maior lustre de cristal da Boêmia (750 lâmpadas). Vale a pena comprar ingresso online antes para não pegar fila (https://book.dolmabahcepalace-tickets.com/book/11978/select/?variantId=22877)
  • Alugar um barco e fazer um passeio no Bósforo. Se quiser gastar menos há empresas tradicionais que fazem o tour por menos de 10 dólares (https://www.denturavrasya.com/tr-tr/). Há também a possibilidade de alugar um barco privado e ter uma experiência diferente (https://www.getyourguide.com.br/).
  • Para comer um ótimo sushi, com vista incrível do Bósforo, sugiro o Summit Bar, no 14º andar do hotel Conrad Bosphoros.

  • Um lugar muito especial para jantar é o Olea Bosphorus & the Bar, dentro do hotel Mandarin Oriental. Os preços são mais elevados, mas a comida é excelente e o lugar incrível! O cardápio traz opções veganas também.
  • No bairro chamado Etiler há muitos restaurantes bacanas, além de casas e condomínios bem charmosos. Fomos a uma delicatessen que só serve plant based food (https://binevideli.com/). Apesar de não ter gostado muito do falafel e da sobremesa, o bowl de açaí e o fried rice estavam gostosos. O lugar é bem simples, mas charmoso.
  • Um lugar da costa: Bodrum. Uma cidade bem charmosa com história e muita vida noturna. Principalmente na região de Gümüslük (zona oeste), onde tem restaurantes charmosíssimos,  como o Mimoza.

Pontos para valer a pena as TIPS

  • Como o trânsito em Istambul é intenso, com muitos carros e motoristas estressados, sugerimos fazer alguns programas a pé ou usando o ferry.
  • O maior problema são os táxis. Como eles são independentes e o taxímetro marca um valor muito baixo, geralmente não querem atender ou pedem valores bem mais altos. Tivemos dificuldade em pegar táxi em vários lugares. Nem uber funciona muito bem. No penúltimo dia conhecemos um ótimo taxista, honesto, que nos levou inclusive ao aeroporto no dia seguinte. Recomendo muito! Segue contato: Gokhan +90 552 4200293.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 24 de abril

Dia 24 de abril

O bem-estar tornou-se um tema central, e hoje vamos explorar como os franceses têm se adaptado a esta...
Dia 23 de Abril

Dia 23 de Abril

Hoje vamos com as noticias mais estilosas da primavera A França, esse querido país da moda e da...

Instagram

Twitter