Gisele Bündchen Tom Brady
Foto: Reprodução/Instagram

Gisele e Tom curtem férias em mega-iate de R$ 1,3 bi que alugaram por quase R$ 10 mi semanais

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Extra! GLMRM tem detalhes sobre as comentadas férias em família que Gisele Bündchen e Tom Brady – junto com seus filhos, Benjamin Rein, de 12 anos, e Vivian Lake, de 9 – curtem na costa da Europa desde os últimos dias do mês passado.

Durante essa folga em suas respectivas e atribuladas agendas que a supermodelo e o jogador de futebol americano conseguiram aproveitar, os donos de uma fortuna que somada é de US$ 650 milhões (R$ 3,5 bilhões) e seus dois herdeiros estão usando como residência temporária o prá lá de exclusivo mega-iate “Madsummer” (“Verão Louco”, numa tradução literal), uma verdadeira “Ferrari dos mares” construída pelo estaleiro alemão Lürssen, que o lançou ao mar em 2019.

No vídeo a seguir, de 2019, o “Madsummer” aparece sendo lançado no mar:

Projetado pelo escritório de arquitetura naval britânico Eidsgaard Design e com interior assinado pela italiana Laura Sessa, tida como uma espécie de “Philippe Starck de saias” quando o assunto é a decoração desses brinquedos marítimos nababescos e acessíveis a poucos, o “Madsummer” tem 95 metros de comprimento, pesa 3 toneladas e possui cabines para acomodar até 12 convidados, além de uma tripulação de até 30 pessoas.

Seus diferenciais são vários, mas destacam-se suas piscina com 12 metros de comprimento (algo raro mesmo em mega-iates, que em geral contam apenas com jacuzzis), boate particular e academia completa. Nessa última, Brady apareceu recentemente em um stories que postou no Instagram na semana passada, para mostrar aos seus 12,4 milhões de seguidores na rede social que não está “furando” os treinos nem mesmo em sua mais que merecida pausa dos gramados.

Brady não “furou” os treinos nem mesmo nas férias, conforme se vê nas fotos abaixo:

O dolce far niente do quarterback que joga no Tampa Bay Buccaneers, da Flórida, também incluiu o uso de alguns dos “extras” que fazem parte do “Madsummer”, como jetskis, pranchas de standup paddle (também conhecidas por SUPs), equipamentos de mergulho modernos e um mini-submarino.

Já Bündchen, por enquanto vista poucas vezes no deck do barco, parece estar curtindo mais outros de seus luxos, como um spa privativo e uma sala de massagem. A propósito, o “Madsummer” funciona com dois motores superpotentes da Rolls-Royce que consomem muito diesel e sem os quais seria incapaz de atingir sua velocidade de 12 nós por hora (cerca de 23 km/h) algo que não combina muito com o discurso de defensora do meio ambiente da top das tops

Registrado nas Ilhas Marshall, uma pequena República que fica no meio do Pacífico e longe de tudo, o “Madsummer” pertence à família Soffer, dos Estados Unidos, que enriqueceu investindo no ramo dos empreendimentos imobiliários de alto padrão do país e tem como principal e mais famoso ativo o hotel Fontainebleau Miami Beach, de Miami.

A fabricação custou US$ 250 milhões (R$ 1,3 bilhão) aos Soffers, e seu custo anual de manutenção gira entre US$ 15 milhões (R$ 79,9 milhões) e US$ 18 milhões (R$ 95,9 milhões). O abastado clã, no entanto, o aluga para ricaços como Bündchen e Brady em determinados períodos do ano, por nada menos que US$ 1,7 milhão semanais (R$ 9,1 milhões), ou uma diária perto de US$ 243 mil (R$ 1,3 milhão).

Dá um play no vídeo aí embaixo pra ver como é o “Madsummer” por dentro:

Você também pode gostar