Publicidade

Por Celio Ashcar

 

Trago as melhores dicas da emblemática Havana, capital de Cuba.

A primeira vez que vim foi em 2006 ainda sob domínio de Fidel Castro e encontrei uma ilha com praias deslumbrantes, muitas histórias e um povo feliz vivendo com qualidade de vida mesmo com todos os embargos econômicos e uma longa ditadura.

Agora, 18 anos depois, encontrei tudo lindo igual mas um povo não tão feliz e uma enorme crise que faz as lojas e supermercados estarem vazios com escassez de produtos.

Mas Havana sobrevive através de sua historia e cultura eletrizantes. Uma capital viva, charmosa e com muitos atrativos. Ainda temos a sensação de estarmos da década de 50 com tantos carros antigos pelas ruas. Uma boa dica é contratar um city tour num desses carros estilosos que sobrevivem ao tempo.

Havana Vieja
É a região mais antiga e movimentada que conta a historia cubana através de edifícios coloniais, fortalezas, Catedral e bares como os famosos La Bodeguita del Medio onde o escritor Ernest Hemingway tomava sempre seu mojito e o El Floridita onde o mesmo tomava vários daiquiris.

Centro de Havana
É a região onde se encontram os principais monumentos, museus, teatros e hotéis. Eu recomento se hospedar no Gran Hotel Manzana Kempinski que possui uma piscina incrível no Rooftop com vista para toda a cidade. Em frente ao hotel está o exuberante e icônico Capitólio que está todo reformado e é uma réplica do capitólio de Washington, nos Estados Unidos.
Para entender mais sobre a revolução de 1959, uma visita ao Museu de la Revolución é uma parada obrigatória. Antigamente o edifício funcionava como Palácio Presidencial com decoração feita pela Tiffany’s. Atualmente, o Museu apresenta tanques, mísseis, mapas, objetos, roupas, armas e documentos históricos usados pelos líderes revolucionários Fidel Castro, Che Guevara e Camilo Cienfuegos.

Malecón
É a extensa avenida à beira mar que está situada bem em frente ao estado da Flórida nos Estados Unidos. Aqui temos alguns lugares icônicos de Havana como o Hotel Nacional, construído em 1930, e foi palco de grandes shows como de Frank Sinatra.
Próxima está a Plaza de la Revolución que abriga importantes edifícios do Governo com homenagens a Che e Cienfuegos nas fachadas e o Memorial de Jose Marti, líder da independência cubana.

E claro, a saborosa culinária cubana está presente em vários restaurantes. Eu recomendo o tradicional La Guarida, o renomado Al Carbon e o estiloso El Cocinero.

 

Viva Cuba!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 11 de Abril

Dia 11 de Abril

Fragrâncias de Chanel Pelo terceiro ano consecutivo, a Chanel encanta novamente a capital com seu jardim efêmero durante...
Dia 10 de Abril

Dia 10 de Abril

Altas horas   Ver essa foto no Instagram   Uma publicação compartilhada por VIRAGE (@virage.paris) Não são as...

Instagram

Twitter