Publicidade

Aos poucos, vai se revelando o repertório do show que 20 cantoras fazem com Roberto Carlos, na próxima terça-feira, no Teatro Municipal de São Paulo. As músicas foram escolhidas por Monique Gardenberg, diretora do espetáculo, juntamente com o diretor musical Guto Graça Mello, o maestro Eduardo Lages, as artistas e o próprio Roberto.

* O Rei escolheu pessoalmente as músicas que algumas cantoras fariam: "A Distância" para Celine Imbert e "Como Dois e Dois" para Marina Lima.  E disse que acharia ótimo se Nana Caymmi fizesse "Não se Esqueça de Mim", que já está no ar na novela das 8, na Globo.

* Mais novidades? Daniela Mercury e Wanderléa vão dividir o palco, mas preferem manter segredo quanto à canção escolhida. Já Zizi e Luiza Possi interpretarão juntas a italiana "Canzone Per Te’, clássico relido por Roberto nos anos 1960. Nos solos, Fernanda Abreu canta "Todos estão surdos" e Paula Toller dá sua versão para "As Curvas da Estrada de Santos". Marília Pêra faz uma interpreatção teatral para ?"120…, 130…, 150  Km por hora" e Ana Carolina solta sua voz em "Força Estranha". Mart´nália canta um samba menos conhecido de Roberto: "Só Você Não Sabe".

* Os ingressos para "Elas Cantam Roberto", vale lembrar, estão esgotados.

Roberto Carlos: todas as mulheres para ele

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Por que um jornal centenário apostou em Taylor Swift?

Por que um jornal centenário apostou em Taylor Swift?

Neste artigo, exploramos o fenômeno cultural que é Taylor Swift e como ela está moldando a indústria da música para a nova geração. Com base na recente decisão de um jornal de criar uma seção inteiramente dedicada a ela, discutimos seu impacto nos millennials e na Geração Z, sua influência política e sua trajetória para se tornar a primeira cantora bilionária construindo sua fortuna no mundo da música. Este é um olhar profundo sobre a carreira de uma das artistas mais influentes de nossa época.

Instagram

Twitter