Euphoria
Divulgação/HBOMax

Segunda temporada de Euphoria: A juventude na crueldade da vida real

4 Compartilhamentos
4
0
0
0
0

Com uma primeira temporada aclamada ao retratar a rotina nada fácil da Geração Z, Euphoria volta à HBO afiada e coloca novamente o dedo na ferida da sociedade moderna.

Em 2019, o público assistiu atento a série “teen” que roubou os holofotes da crítica e premiações mundo afora. Desde “Game of Thrones”, a HBO procurava mais um sucesso para ser o carro-chefe da sua programação, o que aconteceu com Euphoria. Contando com um nome de peso como Zendaya no elenco, a produção alerta para a realidade dos jovens nos dias de hoje, com suas festas regadas à drogas e uma grande parcela de adolescentes deprimidos com questões dignas de adultos. Mais real que isso? Impossível.

Devido a pandemia, a série sofreu para voltar contando com apenas dois episódios especiais em 2020 mas nem a longa espera diminuiu a ansiedade do público que estava aguardando o novo ano para o lançamento da nova temporada. Com episódios semanais lançados no HBOMax e no HBO, a série “quebrou a internet” como era de esperar. No Twitter, eles fizeram bonito e entraram para os “Trendings Topics”.

Nate agora está fora do grupo dos amigos. Divulgação/HBOMax

A história dá continuidade à primeira temporada, em que Rue (Zendaya) teve uma recaída por causa de uma relação amorosa mal resolvida com Jules (Hunter Schafer), que por sua vez volta à cidade e promete fortalecer sua amizade com Kat (Barbie Ferreira). Já Nate ( Jacob Elordi) agora é uma persona non grata na turma, porém acha conforto nos braços de Cassie (Sydney Sweeney), a melhor amiga de sua ex Maddy (Alexa Demie), o que promete uma resolução com muito drama durante a temporada.

A cena inicial foi chocante ao revelar a história por trás da criação do traficante Fezco (Angus Cloud). Durante a primeira temporada, o personagem não teve sua história explorada e o telespectador não sabia as razões dele e do irmão mais novo Ashtray (Javon Walton) estarem envolvidos no mundo do tráfico tão jovens. E valeu a pena essa espera, a trama envolvendo a avó dos irmãs, Marie O’Neill (Katherine Narducci) é brutalmente real e incrível.

Com enredo digno dessa volta triunfal, a série desenvolveu pequenos arcos que devem ser explorados ao longa dos novos episódios. GLMRM vai ficar de olho nesse retrato tão real do mundo atual.

Você também pode gostar