Meghan Markle
Foto: Clive Mason/Getty Images

Meghan Markle se apresenta como ‘duquesa de Sussex’ para políticos americanos e gera críticas

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0

Em 31 de março de 2020, Meghan Markle e o Harry deixaram de fazer parte da monarquia britânica na decisão do casal que ficou conhecida como Megxit, em que os dois alegaram que a escolha por viverem como ‘plebeus’ occoreu por conta da perseguição da mídia, principalmente do Reino Unido, à mulher do príncipe, fato mais do que já comprovado.

Mas Meghan nunca saiu dos holofotes e, nessa quinta-feira, o “TMZ” informou que ela tem ligado para senadores americanos e se apresentando como “duquesa de Sussex” – título do qual abriu mão -, na tentativa de convencer os políticos dos EUA a votarem pelas licenças-maternidade e paternidade remuneradas. Segundo o site, os senadores foram surpreendidos com as chamadas vindas de um ‘número bloqueado’ da ex-atriz, que é norte-americana.

Mas, o fato de Meghan se apresentar como ‘duquesa’ para tratar de um assunto relacionado aos Estados Unidos incomodou parlamentares e os internautas nas redes sociais. Shelley Moore Capito, senadora republicana dos Estados Unidos, contou: “Estou no meu carro, dirigindo. O celular toca e aparece que o número do telefone bloqueado. Honestamente, eu pensei que era o senador Manchin, suas chamadas vêm bloqueadas. Ao atender, a surpresa: “’Senadora Capito? Aqui é Meghan, a Duquesa de Sussex.’” Quem também relatou o contato foi a senadora republicana Susan Collin. “Fiquei feliz em falar com ela, mas estou mais interessada no que as pessoas do estado do Maine me dizem sobre licença remunerada. Para minha surpresa, ela ligou na minha linha privada e se apresentou como a duquesa de Sussex, o que é meio irônico”.

Nas redes sociais, os usuários se dividiram sobre a situação relatada. “Sim, ela é a duquesa de Sussex, mas não precisava ter se apresentado como tal”, diz uma pessoa. “Onde está a ironia? É quem ela é, além de ser uma cidadã americana”, defende outro. Mas como Meghan conseguiu esses números privados? A senadora Kirsten Gillibrand foi quem entregou a lista com os telefones: “Ela vai ligar para mais alguns, então eu os aviso com antecedência”, garantiu.

Você também pode gostar