Abracadabra
Abracadabra. Divulgação/Walt Disney Pictures

GlamuGeek: Quais são os filmes que contribuíram para a cultura do Halloween no Brasil?

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0

Nosso cotidiano é recheado de cultura internacional e a que mais reflete na nossa sociedade é a americana. E isso também é contabilizado no consumo audiovisual como cinema, TV e agora os streamings. E uma das datas importadas é o Halloween, a Festa das Bruxas, comemorada amplamente nos Estados Unidos, em que as pessoas costumam se fantasiar e sair nas ruas para pedir doces (trick or treat) e ir em festas temáticas com decoração banhada de muito sangue artificial, abóboras, caldeirões de plástico e inúmeras bruxas, aranhas, esqueletos e tudo relacionado ao mundo do terror.

Os Fantasmas se Divertem. Divulgação/Warner Bros.

A história oficial do Halloween tem mais de 2500 anos e surgiu na cultura celta, já que seus povos acreditavam que no último dia de verão todos os espíritos saíam das tumbas para tomar posse dos corpos vivos. Para afastar esses fantasmas era comum colocar objetos assustadores como ossos, caveiras e abóboras. Para controlar a população e evitar a comemoração de uma “festa pagã”, a igreja proibiu a data levando à fogueira quem celebrasse, ligando o nome da pessoa às bruxas que eram perseguidas na época. Por isso o nome oficial de “Dia das Bruxas”.

No Brasil, o Halloween está de fora do calendário oficial de datas comemorativas, mas nem por isso deixamos de importar essa cultura “horripilante”. Os anos 1990 foram definitivos para a evolução da nossa cultura pop e os filmes americanos permearam as nossas tardes criando uma relação bem intima dos brasileiros com a data das bruxas, que atualmente não passa despercebida. Pensando nisso, a coluna de estreia do GlamuGeek, traz os filmes que mais contribuíram para que essa cultura se espalhasse em terras tupiniquins.

Elvira a Rainha das Trevas. Divulgação NBC Productions

Elvira – 1988

Um dos filmes mais controversos da época, apresentava uma história picante em plena sessão diurna para as crianças. Porém, Elvira entrou para nossa memória e nossos corações se tornando um ícone da “Sessão da Tarde”.

Abracadabra – 1993

O filme das irmãs Sanderson é sucesso absoluto até hoje. A trama que se passa toda em uma noite de Halloween, reuniu o elenco original em 2020, que prometeu um segundo filme, mesmo 20 anos após o lançamento do original.

Os fantasmas
se divertem – 1988

Outro grande ícone cultural, que se tornou um clássico amado por todos, foi um dos primeiros filmes da rainha da Sessão da Tarde, Winona Ryder, em papel que a fez despontar em Hollywood.

A Família Addams – 1991

Esteticamente considerado um ícone fashion do cinema, é fácil reconhecer seu poder gótico pelas fantasias que até hoje permeiam as festas a fantasia. Wednesday Addmans (ou Wandinha para nós) é a representação perfeita dos adolescentes que não se encaixavam nos padrões estabelecidos na época. Precursora.

Convenção das Bruxas – 1991

O filme que traumatizou muitas crianças é a adaptação de um livro de Roald Dhald que foi um sucesso estrondoso nas tardes e ganhou um remake, bem mais ou menos, agora em 2020.

Gasparzinho – 1995

Christina Ricci se tornou uma das nossas musas da tarde e uma das aventuras que mais fizeram sucesso na adaptação de “Gasparzinho”, que não assustava ninguém.

American Horror Story – desde 2011

Nem só no cinema que o Halloween “vive”. Uma das séries mais polêmicas de Ryan Murphy deixa os momentos mais assustadores para os episódios especiais de Halloween. Recomendado só pra quem é acostumado a ver muito
sangue em tela.

Stranger Things – desde 2016

A queridinha de todas os amantes de série levou bem a sério o Halloween e ambientou a festa em sua segunda temporada que fez bastante sucesso quando foram divulgadas as fotos das fantasias.

Você também pode gostar