Clint Eastwood
Foto: Laurel Maryland, via Wikimedia Commons

Clint Eastwood vence processo contra fabricante de canabidiol que usou sua imagem sem autorização

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Clint Eastwood levou a melhor em um processo que movia desde julho de 2020 contra a fabricante de produtos à base de CBD Mediatonas UAB, da Lituânia, que usou uma foto do ator, produtor e diretor de cinema de 91 anos em uma campanha publicitária, porém sem a sua autorização.

A ação, que corria em um tribunal da Califórnia, chegou ao veredito na última sexta-feira, quando o juiz responsável pelo caso determinou que a Mediatonas deve indenizar Eastwood em US$ 6,1 milhões (R$ 33 milhões) e ainda pagar seus custos advocatícios, algo em torno de US$ 95 mil (R$ 513,9 mil).

O dinheiro deverá ser pago ao astro de “Três Homens em Conflito” e para a empresa que administra seus direitos de imagem, a Garrapata, em prazo ainda a ser determinado pela justiça dos Estados Unidos. Frise-se que ele já é dono de uma fortuna estimada em US$ 375 milhões (R$ 2,03 bilhões).

Ao que parece, a Mediatonas tinha pegado carona em boatos que surgiram em Hollywood no começo do ano passado, de que Eastwood trocaria a meca do cinema para produzir canabidiol, um composto presente na maconha, para se promover. “Não há nenhuma verdade nessa história”, os advogados dele esclareceram na época em que a tal campanha foi lançada.

Você também pode gostar