Publicidade

Artista multifacetado, Ricardo Burgos, que está gravando Dona Beja, da HBO, reestreia com o monólogo “3 Meses e 3 Dias”, marcado para o próximo dia 03 de abril, no Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro. A peça traz um enredo de fragilidade masculina e paternidade. Construída através de dois monólogos, com a dramaturgia de Ricardo e a direção de Marcéu Pierrotti, escrita e interpretada por ambos, a história se baseia em fatos reais e retrata a jornada de cada um, sob uma visão diferente dos personagens que têm suas vidas mudadas por tragédias.

“A peça é uma forma de agradecer aos pais e mães que se culpam constantemente por não terem sido melhores na criação de seus filhos e filhas. É importante ver homens em um lugar vulnerável, compartilhando suas emoções e seus medos. Ao mostrá-los nessa posição, o espetáculo desconstrói estereótipos de gênero”, diz Ricardo

A peça é uma homenagem para pessoas marcantes na vida dos autores, como o neurocirurgião que salvou a vida de Ricardo, quando ele tinha apenas 10 anos e sofreu um acidente grave. E Marcéu, que teve seu pai falecido precocemente. A história é uma forma de avaliar o que acreditam sobre a masculinidade e as relações com seus pais e mães, além de envolver a questão paternal.

“O incidente na minha infância me marcou muito. Poder demonstrar e falar sobre isso no meu trabalho é algo que quero levar para o público e, de uma certa forma, agradecer ao neurocirurgião que salvou a minha vida”, completou o dramaturgo e ator.

 

 

Fotos: Jeff Porto  

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 22 de abril

Dia 22 de abril

Faltando menos de 100 dias para os Jogos Olímpicos, a pressão sobre o cumprimento dos prazos continua alta,...

Instagram

Twitter