Você sabe quem faz as suas roupas? Conheça o propósito do movimento “Fashion Revolution”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Conheça cinco documentários que vão te fazer repensar sobre o consumo da moda

Não é de hoje que se questiona o trabalho escravo no mundo da moda. De acordo com uma pesquisa realizada pelo The Global Slavery Index 2018, a moda é o segundo setor que mais explora pessoas no mundo. Na ‘escravidão moderna’, as vítimas trabalham em condições precárias e recebem valores baixíssimos, além de muitas vezes exercerem a função de maneira forçada. Um dos casos mais conhecidos é o do edifício Rana Plaza em Dhaka, Bangladesh. O prédio, que abrigava quatro fábricas têxteis, caiu por falta de reparos em sua estrutura. O acidente matou mais de 1.200 pessoas, a maioria delas mulheres com seus filhos, e também deixou 2.500 feridos. Mas o que chocou a população foi o fato de marcas mundialmente famosas produzirem suas confecções no local, entre elas a Primark, principal cliente. Após esse fato, diversos ativistas começaram a pensar sobre o assunto e o dia 24 de abril foi considerado o ‘Fashion Revolution Day’, que questiona os consumidores com a hashtag: #quemfazminhasroupas?

E o Fashion Revolution Day se tornou a Fashion Revolution Week, que tem início no dia 22 de abril e termina neste domingo, 28. A semana é dedicada para falar sobre a indústria da moda, motivando as marcas a promoverem debates e palestras sobre o tema. Se interessou pelo assunto? Confira então alguns docs que ajudam a repensar não apenas sobre a indústria, mas a forma como consumimos atualmente.

Unravel (Meghna Gupta, 2012)

Você sabe o que acontece com as suas roupas quando você simplesmente as joga fora? Em 13 minutos, “Unravel” acompanha a rotina de quem vive do descarte dessas peças, que acabam sendo recicladas por algumas fábricas. No curta, Meghna acompanha principalmente uma vila indiana.

Sweatshop – Dead Cheap Fashion (Joakim Kleven, 2014)

Como você reagiria se soubesse que as suas roupas são fruto de trabalho escravo? Na série, dividida em cinco episódios, o diretor Joakim Klever levou três influencers noruegueses para vivenciarem a rotina de um costureiro do Camboja. A realidade? Doze horas de trabalho em condições precárias.

https://www.youtube.com/watch?v=1ScG9TspWB0

Minimalism A Documentary About the Important Things (Matt D’Avella, 2015)

Você já deve ter ouvido falar sobre minimalismo. Esse estilo de vida questiona com o acúmulo de bens materiais, especialmente roupas, evitando compras compulsivas. E, nesse documentário, os cineastas Joshua Fields Millburn, Ryan Nicodemus e Matt D’Avella discutem a urgência deste pensamento e de ações como essas no mundo.

The True Cost (Andrew Morgan, 2015)

Esse filme relembra e debate acidentes que abalaram a indústria da moda, como o do Rana Plaza, além de questionar o real preço das peças e as consequências que o consumo descontrolado pode gerar na vida das pessoas.

Riverblue (2016)

Narrado pelo ator Jason Priestly, esse doc aborda a questão ambiental, mostrando como a indústria da moda, principalmente as fast fashion, colabora para a poluição de rios. ‘Riverblue’ tem imagens chocantes e reforça a necessidade de uma mudança urgente.

Você também pode gostar