A exposição “Invisible Light”, no hotel Royal Mansour, no Marrocos

Royal Mansour, em Marrakech, arma exposição que mistura caligrafia e jogos de luz

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Os hotéis de luxo estão investindo cada vez mais para atrair sua clientela, e parece que a nova moda agora é transformar os cinco estrelas mais badalados do mundo em galerias de arte. Foi isso que fez o Royal Mansour, em Marrakech, que abriu nesse domingo a exposição “Invisible Light”, uma mostra reveladora que já passou pelo Institut du Monde Arabe em Paris no ano passado.

O trabalho é do artistas plástico marroquino Mahdi Qotbi, que já colaborou com importantes instituições, como o British Museum, em Londres, e o Pompidou Centre, em Paris. Na “Invisible Light”, ele apresenta 17 painéis que misturam a arte da caligrafia com jogos de luzes. A cada minuto, palavras diferentes são iluminadas, formando assim centenas de frases que mudam de acordo com as projeções. As lanternas que iluminam os painéis foram criadas pela empresa Yahya Rouach, que faz os projetos de iluminação mais gabaritados do mundo. Um show! Confira na galeria.

 

Você também pode gostar