Ricardo || Créditos: Ali Karakas

Ricardo Bräutigam deixa Ausländer para seguir novos projetos

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

 

Ricardo || Créditos: Ali Karakas
Ricardo Bräutigam || Créditos: Ali Karakas

Ano novo, vida nova para Ricardo Bräutigam, o Cadinho. É que o fundador da Ausländer, marca jovem e cool do Rio, se desvinculou da etiqueta depois de 10 anos de mercado, desfiles de moda, campanhas e festas mil. Apesar de não criar coleções desde do Fashion Rio verão 2015, em abril do ano passado, ele se despediu oficialmente por meio de um comunicado extenso na sua conta de Facebook, nessa quinta-feira. O motivo de sua saída foi diferenças entre ele e o seu sócio desde 2011, Felipe Simão, um dos donos da Toulon.

“Fui percebendo que não tínhamos a mesma sintonia e conexão com a equipe. Aos poucos, essa falta de sintonia foi sentida e a marca começou a perder a identidade e a equipe, que não mais se identificava com esse novo perfil que se desenhava. Em pouco tempo a situação financeira estava caótica, sem perspectivas. Acabei optando por me desligar da empresa”, disse Cadinho em comunicado. Agora, Ausländer está inteiramente nas mãos de Felipe e da Limits, marca que se tornou sócia da label recentemente.

O futuro do Cadinho? Cheio! “Sigo tocando antigos e novos projetos”. O estilista vai inaugurar a agência de branding TheBlackHaus, focada em relacionamento, direção artística, consultoria e produção, além de abrir uma barraca de praia – Restinga – na Garcia D’Ávila, em parceria com o DJ Zeh Pretim e Tunico. E tem mais: até o fim do ano Cadinho quer abrir um pub/restaurante no Rio “com a cara cool de Berlim/Londres”. Mas para não deixar a moda de lado, ele entregou que pensa em criar uma linha de boardshorts, biquínis, maiôs e t-shirts “só para os amigos”. “Estou superfeliz, pois agora, depois de 10 anos, tenho a liberdade (e o tempo) para fazer outras coisas que sempre quis”, finalizou.

Em tempo: Cadinho permanece à frente de festas que ele criou durante o seu tempo na Ausländer, mas sem citar mais o nome da marca. São elas: a Pool Party, Halloween, Mardi Gras, Festival de Música em Itaipava, as festas de encerramento das semanas de moda no Rio e de São Paulo, entre outras. Ah, e ele continua atacando de DJ em várias festas cariocas… Ufa!

 

 

 

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…