Kim Kardashian

Prefeita de Paris sofre pressão para solucionar assalto a Kim Kardashian

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Kim Kardashian || Créditos: Getty Images
Kim Kardashian || Créditos: Getty Images

Já faz mais de dois meses desde que Kim Kardashian rendeu manchetes ao redor do mundo após ser assaltada em Paris, mas até agora a La Brigade de Répression du Banditisme, a renomada divisão da polícia da França que combate o crime organizado, ainda não encontrou nenhum suspeito pelo crime que custou à reality-star
mais de US$ 10 milhões (R$ 33,3 milhões) em joias roubadas.

Na última entrevista coletiva que concedeu, no fim de outubro, para falar sobre o caso – apelidado de “affaire Kardashian” pelos franceses – o chefe da instituição, Christian Sainte, garantiu estar “muito confiante” sobre a captura dos assaltantes.

Segundo a mídia francesa, Anne Hidalgo, a prefeita de Paris, sofre pressões de todos os lados para resolver a questão o quanto antes, dada a atenção internacional negativa que ela atraiu. (Por Anderson Antunes)

Você também pode gostar