Ketchup artesanal Strumpf arma degustação com fritas e cachorro-quente

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Flavia e Ana, filhas de Eduardo, etiquetando as embalagens, a pimenta Bhut Jolokia, mais ardida do mundo, usada na receita do apimentado, o ketchup na panela e depois embalado

Foi numa viagem em família a Londres, no final de 2011, que Eduardo Strumpf teve a ideia de um ketchup artesanal, com o gosto e a textura do tomate. A inspiração veio da receita original do St. John, restaurante visitado na viagem, e acabou virando um negócio, o ketchup Strumpf. Produzido de forma totalmente artesanal, no sítio da família em Itú, o ketchup tem três sabores: rústico, defumado e muito, muito apimentado. Os filhos Flavia, Ana e Roberto entraram na empreitada, cuidando das embalagens, distribuição e venda. Hoje o ketchup Strumpf pode ser encontrado nas lojas da rede St. Marche, no Emporio Santa Maria, no restaurante Feed Food, em Pinheiros e na Torteria, em Higienópolis.

Para os amigos, a família arma uma degustação do ketchup com cachorro-quente e fritas, no Bar Riviera, nesta terça-feira. Deu água na boca, glamurette?

Mais imagens divertidas do Instagram @ketchupstrumpf
Você também pode gostar