Jovem usa vinho raro de R$ 18 mil, guardado por 17 anos pelo pai, para fazer drink com refrigerante e frutas para os amigos

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Jovem faz sangria com vinho do pai | Créditos: Olive Press

Sem saber o prejuízo que estava dando para a coleção particular de seu pai, uma jovem espanhola, de 19 anos, acabou usando um vinho, guardado por 17 anos e avaliado em cerca de R$ 18 mil para fazer uma sangria. O drink, feito por Lara durante uma festa no último final de semana em Madri, levou como ingrediente o vinho Petrus, da tradicional região de Pomerol, na França.

Segundo o jornal espanhol ‘Olive Press’, Jones, dono do vinho, deixou a filha fazer uma festa com os amigos na sala de casa. Ele até apareceu no evento, interagiu, bebeu e depois deixou os jovens se divertirem sozinhos. No entanto, não esperava ter um grande prejuízo. Na manhã seguinte, ao se lembrar de ter deixado o vinho luxuoso à vista na residência, Jones mandou uma mensagem para Lara questionando sobre a bebida, mas já era tarde demais. “Espero que não tenha sido caro pois acho que meus amigos beberam”, respondeu a jovem.

Ele então ficou arrasado. “Depois de guardá-lo por 17 anos, nem mesmo pude prová-lo […] E o pior é que eles [os amigos da filha] também não, porque fizeram sangria”, lamenta ele, que teve o item histórico, preservado por duas décadas, misturado com refrigerante, frutas e especiarias. Jones ainda explicou que o vinho tinha um valor sentimental por conta do ano da safra do vinho, que foi comprado em 2004. “Minha esposa, Silv, ficou furiosa, mas eu expliquei isso insistindo que era uma safra do ano em que nossa filha mais velha nasceu e que poderíamos ficar com ela para beber com ela em uma ocasião especial”, comentou.

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…