Gabriel Gil e Isabelli Fontana || Créditos: Divulgação

Isabelli Fontana sobre look no Senai Brasil Fashion: “Sou uma barata-voadora”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

 

Gabriel Gil e Isabelli Fontana || Créditos: Divulgação
Gabriel Gil e Isabelli Fontana || Créditos: Divulgação

O Museu Nacional de Brasília foi palco do desfile final do SENAI Brasil Fashion na semana passada. Dos 12 alunos de várias partes do Brasil que apresentaram suas coleções baseadas no tema o Poder da Transformação, um deles chamou a atenção do Glamurama: o estilista carioca Gabriel Gil, com a coleção Alomorfia, que nasceu a partir da obra “A Metamorfose”, de Franz Kafka, publicada pela primeira vez em 1915, e que conta a história de um homem que se transformou em uma barata. “O livro foi indicação do meu melhor amigo e quando soube do tema da competição foi a primeira coisa que me veio à cabeça pois, além da mudança do personagem, tem uma transformação em relação ao o que a sociedade enxerga como belo. Transformei o que todo mundo considera feio e nojento, em belo.”

Gabriel enxergou no livro do século passado vários problemas que acontecem na sociedade atualmente. “As pessoas são usadas e descartadas no momento que mais precisam. As minorias são vistas como baratas. Enquanto o inseto está lá no bueiro, não tem problema, mas quando entra na casa da pessoas, elas não querem este inseto lá. É isso. A sociedade não quer que as minorias ocupem posições”, diz ele. E Isabelli Fontana virou sim uma barata. “Quando contei para ela, fiquei com receio de que ela não gostasse da ideia de ser um inseto, mas foi o contrário” tanto que a modelo gravou vídeos se divertindo com a ideia e se autodenominando de “barata-voadora”. “Ela foi um anjo pra mim, desde o começo do processo eu pensava nela e quando descobri que ia dar certo fiquei trêmulo e sem palavras. E fiz questão de contar toda a história das peças para as modelos porque acho importante elas saberem o que estão vestindo. Fiquei muito feliz em vê-las satisfeitas em vestir a minha roupa.”completou ele. A roupa fez tanto sucesso que Thairine Garcia, contou que nunca tinha vestido uma roupa tão conceitual e que adorou a experiência.

A coleção Alomorfia, assinaada pelo estilista Gabriel Gil
A coleção Alomorfia, assinada pelo estilista Gabriel Gil || Créditos: Divulgação

 

Você também pode gostar