Publicidade
Riccardo Tisci, Donatella Versace e Naomi Campbell || Créditos: Divulgação
Riccardo Tisci, Donatella Versace e Naomi Campbell || Créditos: Divulgação
Riccardo Tisci, Donatella Versace e Naomi Campbell || Créditos: Divulgação

E a notícia sobre a saída de Riccardo Tisci da Givenchy, furo mundial do Glamurama, continua rendendo. Além de anteciparmos a saída do estilista, apontamos o seu próximo destino: a Versace. Pois bem, nesta sexta-feira o conceituado portal de moda WWD assina embaixo e também aposta na ida de Tisci para a marca Donatella, embora não tenha sido divulgado um comunicado oficial.

Agora que a Givenchy está sem diretor criativo, a marca decidiu pular a semana de moda de Paris – o desfile de inverno 2017 estava marcado para o dia 5 de março -, e Riccardo está a um passo de fechar contrato com a Versace. A última coleção assinada por Tisci foi a de alta-costura apresentada em janeiro, e a nova coleção, de acordo com o portal de tendências, deve ser desenvolvida pela equipe interna de estilo.

A saída de Riccardo deixou ainda peças específicas em fase de acabamento; é o caso de alguns vestidos que serão usados no Grammy e no Oscar 2017 por Meryl Streep, Beyoncé e Madonna, por exemplo. A grande questão agora é quem assumirá a Givenchy e, entre os possíveis candidatos, estão Hedi Slimane, ex-Saint Laurent; Alber Elbaz, ex-Lanvin; Peter Dundas, ex-Emilio Pucci e Peter Copping, ex-Oscar de La Renta. Mas ainda há chances de dois estilistas, Olivier Rousteing da Balmain, e Jonathan Anderson, diretor criativo da Loewe, assumirem o cargo. Vale lembrar que ambos comandam marcas do grupo LVMH, conglomerado dono da Givenchy.

De acordo com números oficiais, os 12 anos de Riccardo à frente da marca fizeram com que a label fosse avaliada em US$540 milhões (aproximadamente R$1.620 bilhões), incluindo o crescimento no número de funcionários: 290 em 2005 e 930 contratados em 2016. O número de lojas também cresceu expressivamente e passou de apenas sete em 2005 para 72 atualmente.

Na contramão da Givenchy, a Versace vem tendo dificuldades para expandir seu mercado, criar desejo e se renovar, tanto que a prova dessas tentativas frustradas é a etiqueta Versus, sem novidades comerciais e coleções sem estações definidas. O estilista Christopher Kane foi contratado em 2009 para ajudar Donatella a reposicionar a Versus, mas a parceria não seguiu adiante, tanto que em 2013 Anthony Vaccarello foi chamado para assumir o cargo e ano passado precisou largar a batuta para assumir a direção criativa da Saint Laurent. É esperar para ver…

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Festa Rabanne na NK

Festa Rabanne na NK

  Uma noite em clima disco para celebrar a abertura da Rabanne em sua primeira operação na América...

Instagram

Twitter