Publicidade
Marcela Giannini e o look anunciação dos cabritos, com um cajado || Crédito: AgNews
Rio Moda Rio
Marcela Giannini e o look anunciação dos cabritos, com um cajado || Crédito: Marcelo Soubhia

O estilista baiano Guto Carvalhoneto, original do sertão, fez sua estreia nas passarelas com looks ousados no primeiro dia de desfile do Rio Moda Rio, na noite dessa quarta-feira. Com uma poética sertaneja, o desfile de Guto passou longe dos padrões com peças bastante conceituais.

Um dos looks de destaque foi o chamado “anunciação dos cabritos”, que trazia uma atriz com vários sinos e um cajado. Outro que causou frisson foi a “burca”, traje que apesar de cobrir o corpo da modelo dos pés à cabeça, deixava-a nua, pois era totalmente recortado. No cabelo, estruturas imitando os panos enrolados usados para carregar tachos.

“No Brasil, o conceitual é massacrado. É fundamental abrirmos espaço para as subjetividades de cada um. A moda é antes de tudo uma entidade abstrata, capaz de materializar um corpo como presença, com todas as questões inerentes ao humano”, disse o estilista, que mantém um ateliê em Botafogo, e que dá aula no curso de Antimoda da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio. Abaixo, confira o desfile que deu o que falar.

Siga a seta.

[galeria]4349346[/galeria]

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 10 de Abril

Dia 10 de Abril

Altas horas   Ver essa foto no Instagram   Uma publicação compartilhada por VIRAGE (@virage.paris) Não são as...

Instagram

Twitter