Divórcio de Michael Moore rende dor de cabeça para o diretor

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Michael Moore: divórcio conturbado

O diretor Michael Moore, responsável por documentários de sucesso como “Tiros em Columbine” e “Fahrenheit 9/11”, pediu divórcio de sua mulher, Kathy Glynn, com quem ficou casado durante 22 anos. A separação deles, no entanto, não está sendo nada amigável. O motivo da desavença é a fortuna adquirida por Moore ao longo de sua carreira – estimada em US$ 50 milhões -, que inclui oito propriedades em Michigan e Nova York, incluindo a casa que eles dividiam, em frente ao lago de Michigan, numa região onde Madonna e Bruce Willis também possuem imóveis.

A confusão é tamanha que Kathy já chegou até a ser presa por dirigir embriagada. Ela também acusa Moore de contratar investigadores particulares para vigiá-la, e ameaça “jogar sujeira no ventilador”, caso o diretor não faça a vontade dela no divórcio. A torcida dos opositores de Moore, que tem fama de ser anticapitalista, é para que isso aconteça o quanto antes. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos. (por Anderson Antunes)

 

Você também pode gostar