Desfile da marca de Kanye West pode ser boicotado pela industria da moda

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
KANYE-nota
Kanye West || Créditos: Getty Images

Ao que tudo indica, a Yeezus, marca de Kanye West, chegará em sua Season 5 aos trancos e barrancos. Depois de ter sua data confirmada nessa terça-feira, contrariando rumores de que, depois de uma sequência de apresentações mal sucedidas, o desfile – o último em parceria com a Adidas – voltou a ser motivo de polêmica.

A data e horário escolhidos pelo rapper para apresentar o desfile, dia 15 de fevereiro às 17h, é entre as apresentações das marcas Anna Sui e Thom Browne. Acontece que o horário, no calendário oficial da NYFW, já estava reservado para a Marchesa, o que deixou o Conselho de Estilistas da América bem irritado, já que não foi consultado.

“Este mau comportamento não é aceitável para o CFDA e não deveria ser tolerado pela indústria. Por causa disso, o CFDA não listará Kanye West no horário oficial. No entanto, o CFDA está mais do que disposto a trabalhar com Kanye na segurança de um espaço de tempo disponível”, disse Steven Kolb, presidente do CFDA, ao “WWD”. Procuradas pelo portal, Georgina Chapman e Keren Craig, estilistas da Marchesa, não quiseram comentar o caso.

Vale lembrar que na última temporada de moda de Nova York, a marca de Kanye West também ficou de fora do calendário oficial devido ao tempo de distância da locação escolhida pelo rapper, a Roosevelt Island, que conflitava com os desfiles seguintes. E aí, será que vai rolar boicote, como sugeriu Kolb?

Você também pode gostar
Solidão Pandemia

Depois da tempestade

O restaurante que eu frequentava antes da pandemia reabriu. Esteve fechado por meses, e eu o tinha como…