De Machu Picchu a Luxor: sete sítios arqueológicos para conhecer já

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Já começou as aventuras de 2018, glamurette? Para ajudar a escolher o melhor destino, seguimos com as dicas da GOL, no #DiáriodeBordoGOL. Berços de civilizações antigas e de boa parte da história da humanidade, os sítios arqueológicos espalhados ao redor do mundo são cercados de histórias, lendas e mitos, que levam a uma verdadeira viagem no tempo. Então faça as malas, porque reunimos sete dos sítios mais incríveis, destino certo para quem é apaixonado por antiguidades arquitetônicas, para viajar já!

Machu Picchu, Peru

1
Machu Picchu, Peru || Créditos: iStock

Um dos sítios arqueológicos mais famosos, não apenas na América Latina, mas do mundo todo, fica na região de Cusco. Construído no século 15, foi o principal símbolo do império Inca e é um exemplar valioso da genialidade desse povo, que vivia em uma sociedade muito bem estruturada.

Tikal, Guatemala

2
Tikal, Guatemala || Créditos: iStock

Tikal foi um dos maiores centros populacionais e culturais criados pela civilização maia. Estudiosos acreditam que no século IV a.C. sua estrutura original já havia sido sido erguida, mas com o tempo foi parcialmente destruída, sendo reconstruída entre os anos de 200 e 850 d.C..  Muitas das inúmeras construções só foram descobertas depois de décadas de estudos e escavações. As pirâmides principais servem de base para templos e podem ter sido construídas entre os séculos VII e IX.

Angkor Wat, Camboja  

Smiling Stone Face of Bayon Temple at Angkor in Cambodia
Angkor Wat, Camboja || Créditos: iStock

O maior e mais extraordinário templo do assentamento Angkor é também o único que mantém sua importância religiosa para monges budistas, que até hoje utilizam o local para suas meditações e vivem em uma moradia construída nas proximidades. Erguido no século XII, arquitetonicamente segue o estilo hinduísta do templo-monte, com imensas galerias construídas ao longo de diferentes reinados.

Mesa Verde, Estados Unidos

4
Mesa Verde, Estados Unidos || Créditos: iStock

No Parque Nacional de Mesa Verde, no Colorado, fica um imenso sítio arqueológico, provavelmente povoado pela antiga civilização conhecida como Pueblo. Seu legado foi o grande número de habitações cravadas em penhascos, que são ainda mais fascinantes por seguirem um estilo arquitetônico pouco comum nas Américas. Ali fica o famoso Palácio do Penhasco, conhecido como a maior construção do tipo em toda a América do Norte.

Petra, Jordânia

Petra, Jordânia || Créditos: iStock
Petra, Jordânia || Créditos: iStock

Localizado na bacia entre as montanhas de Wadi Araba, perto do Mar Morto, impressiona pelo tamanho de suas construções, que deixam seus visitantes minúsculos diante de suas enormes fachadas. Suas cores se confundem com as formações rochosas típicas do deserto, que lhe servem de moldura, evidenciando uma de suas características marcantes: a pequena cidade foi esculpida nas próprias pedras em 312 a.C. , sem que um tijolo ou pedra extra tenha sido utilizado. Não à toa, é uma das  Sete Maravilhas do Mundo.

Éfeso, Turquia

Éfeso, Turquia || Créditos: iStock
Éfeso, Turquia || Créditos: iStock

A antiga cidade greco-romana fundada no ano de 530 a.C. abriga o Templo de Ártemis, mais um na lista das Sete Maravilhas do Mundo. Apesar de todo o complexo arqueológico ter sido destruído e reerguido diversas vezes ao longo da história, sua magia continua intacta, fascinando os turistas assim que eles se deparam com os prédios sustentados por enormes colunas e arcos, hoje em ruínas.

Luxor, Egito

7
Luxor, Egito || Créditos: iStock

Além de sua importância arquitetônica e geológica, o impressionante Templo de Luxor é o único que abriga documentos das épocas faraônica, greco-romana, copta e islâmica. O sítio abriga colunas, edifícios, obeliscos e diversas estátuas, sendo que algumas representam o rei em forma de esfinge, com cabeça humana e corpo de leão, e outros formatos típicos da cultura egípcia.

E já que estamos falando em dicas boas, vale lembrar que a GOL, em parceria com a Delta Air Lines e Air France-KLM, faz mais de 720 voos diários para 74 cidades brasileiras e 14 países. Para saber mais sobre a GOL, acesse o site e siga as redes sociais: FacebookTwitter e Instagram.

Você também pode gostar