Crime passional na família Gucci inspira musical em Londres

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
Maurizio Gucci e Patrizia Reggiani, nos anos 80, quando tudo eram flores

História de crime passional no high vai virar musical em Londres. Em 1995, Patrizia Reggiani mandou matar o marido, o empresário Maurizio Gucci, neto do fundador da marca italiana, Guccio Gucci, depois de ter sido trocada por um mulher mais jovem. Patrizia, ré confessa, foi condenada na Itália e acaba de deixar a prisão sob condicional no mês de setembro.

Pois a história da “viúva negra” vai virar musical, o “Mrs Gucci”, com estreia no dia 13 de outubro, tendo a atriz britânica Julie Atherton como protagonista. Quem já fez propaganda em seu Twitter do musical foi o autor, Stephen Fry, classificando-o como imperdível.

Hoje, aos 64 anos, Patrizia trabalha para a marca italiana de acessórios Bozart, depois de já ter rejeitado a condicional anos atrás, alegando que nunca trabalhou e que não iria começar agora. As coisas mudam…

Você também pode gostar