Camila Pitanga: referências pessoais para construir novo personagem

Camila Pitanga diz que é difícil homem aceitar que ela pague conta

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0


Camila Pitanga se prepara para voltar à TV em “Lado a Lado”, que estreia dia 10 de setembro na faixa das seis da Globo. Na história, que começa em 1904, ela vai ser uma das primeiras moradoras do morro da Providência, famosa comunidade carioca. Na coletiva para divulgar o novo projeto da emissora, que aconteceu nessa sexta-feira no Projac, a atriz lembrou que já viveu na favela do Chapéu Mangueira com a madrasta, Benedita da Silva. Sem entrar em detalhes, a ideia de Camila era passar durante as entrevistas como a trama vai falar da “afirmação do negro na sociedade”, e não apenas do preconceito. “Vamos mostrar uma dignidade e autoestima nada comuns em uma novela de época”.

No folhetim, Isabel, personagem dela, ganha mais que o namorado, interpretado por Lázaro Ramos. Mas ele não aceita que ela pague a conta. “Não quero ser sexista, mas já passei por isso na vida real. É impressionante ver como essas ainda são questões atuais”. A atriz conta que não proíbe a filha, Antônia, de assistir aos capítulos. “Mas ela não se interessa por isso, apesar de saber que a mamãe trabalha na televisão”.

Por fim, a gente entregou pra Camila que o chef Claude Troisgros nos revelou que ela é ótima cozinheira, craque em comida tailandesa. “É que uma vez viajei pra lá e me matriculei em um curso de culinária. O prato que fiz para o Claude foi um camarão ao curry com pedaços de abacaxi. Ficou bom mesmo, mas não costumo fazer comida no dia a dia. Brinco que era a terceira assistente dele e que agora evoluí para segunda”.E quem não queria uma assistente dessas, não é mesmo?

Você também pode gostar