Publicidade
Lissa Carmona

A ETEL, em parceria com a Galeria Almeida & Dale e a Casa Zalszupin, casa museu idealizada por Lissa Carmona, receberam, neste último sábado (16), convidados para a abertura da exposição Direito à Memória – arte afro-brasileira, indígena e outros modernismos”, com curadoria da historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz, recentemente eleita imortal pela Academia Brasileira de Letras (ABL).

A casa se encontra repleta de obras, que Lilia chama de “outros modernismos”. Peças e objetos assinados por artistas não brancos, periféricos e  indígenas, seguindo o mesmo propósito pensado para a Academia Brasileira de Letras: contribuir com arquivos mais plurais.

GLMRM mostra quem esteve na abertura:

Fotos: Leda Abuhab

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 16 de Abril

Dia 16 de Abril

Corte de patriarcas Já mencionamos esta exposição antes, mas vale a pena destacar a obra “Old People’s Home”...

Instagram

Twitter