Publicidade
Foto: pexels-polina-tankilevitch

A data foi criada em lembrança à invenção do Conde de Sandwich e celebra os mais diversos tipos e sabores do prato para se “comer com as mãos” 

No dia 3 de novembro é comemorado o Dia do Sanduíche, um prato prático que pode ser apreciado em qualquer lugar e a qualquer hora. A data foi criada em homenagem a John Montagu, o Conde de Sandwich, que viveu no século 18 na cidade de Sandwich, no condado de Kent, Inglaterra. Segundo a história, Montagu tinha um vício por jogos de cartas e não queria perder tempo realizando refeições durante as partidas. Por isso, costumava pedir aos seus funcionários que trouxessem um pedaço de carne entre duas fatias de pão – o que facilitava na hora de comer e não sujava as mãos. 

 A ideia acabou se popularizando devido à sua praticidade e à diversidade de sabores que podia acomodar, dando origem a variações como o hambúrguer, cachorro-quente, bauru, beirute, choripán, misto-quente e muitos outros. 

Para homenagear a versatilidade e a delícia que é esse prato, confira uma lista de restaurantes onde você jamais imaginaria pedir um sanduíche, mas que vale muito experimentar: 

 

Les Deux Magots 

foto divulgação

O mais recente café parisiense em São Paulo trouxe em seu menu o clássico e tradicional Croque-Monsieur. A história desse prato remonta à Belle Époque, na década de 1910, no Boulevard des Capucines, em Paris. O termo “Croque” era originalmente usado para descrever o pão embebido em ovo e frito. No entanto, de acordo com o historiador René Girard em seu livro “História das Palavras da Cozinha Francesa”, o dono de um bistrô decidiu inovar ao incluir no cardápio um novo sanduíche feito com pão de forma em vez da tradicional baguete. Quando um cliente perguntou ao proprietário sobre o recheio do sanduíche, a resposta que recebeu foi: “De la viande de monsieur!”, que em tradução livre significa: “É carne de um senhor”. Os clientes que ouviram acharam engraçado e, então, começaram a solicitar o Croque-Monsieur. 

A receita do sanduíche servido no Les Deux Magots é a mesma da matriz parisiense e reúne uma mistura de presunto e três tipos de queijos (emmental, comté e mussarela). O prato ainda é acompanhado por uma salada verde. 

 

Le JardinRosewood São Paulo

O Club Sandwich é um sanduíche clássico que se originou nos clubes de elite nos Estados Unidos no final do século 19. Uma das versões de sua história sugere que o prato foi criado em 1894, no Saratoga Clubhouse, um resort de luxo localizado em Saratoga Springs, Nova York. O chef do resort inventou o sanduíche para atender às demandas de seus clientes exigentes, que desejavam uma refeição leve e saborosa para saciar a fome sem a necessidade de talheres. 

O Club Sandwich é tipicamente feito com três camadas de pão torrado e recheado com tiras de frango grelhado, bacon, alface, tomate e maionese. O pão é cortado em diagonal e um palito de dente é usado para manter as camadas unidas 

Esse prato do Le Jardin, o grand café do hotel Rosewood São Paulo, é perfeito para qualquer momento do dia. Preparado pelo chef Felipe Rodrigues, este icônico sanduíche é montado com frango orgânico, bacon, ovos, salada e é acompanhado por uma porção de batata frita. 

 

Taraz 

Prato típico na Argentina e no Uruguai, o nome do Choripán deriva da combinação de ‘chorizo’ (linguiça) e ‘pan’ (pão). A história do sanduíche está relacionada à cultura da parrilla, o churrasco dos países hermanos. 

Geralmente, o Choripán é feito com os chorizos grelhados na churrasqueira até que estejam bem dourados e cozidos. Em seguida, são colocados em pães, que podem ser levemente tostados. O sanduíche então é servido com molho chimichurri, uma mistura de ervas, alho, vinagre e óleo, dando ao Choripán um sabor picante e saboroso. 

O Mini Choripán de Cordeiro é um dos destaques do Taraz, o restaurante do hotel Rosewood São Paulo, que oferece um menu que celebra a culinária sul-americana e tem a consultoria do chef Felipe Bronze. Na casa, o sanduiche é servido com chimichurri e aioli. 

 

Kaspia Brasil 

“Pain et Crabe” é uma expressão francesa que significa “pão e caranguejo”. O prato é uma criação moderna, que se encaixa na tradição culinária francesa de usar ingredientes frescos e de qualidade para combinações de sabores únicas. Os pratos à base de caranguejo são relativamente comuns em regiões costeiras da França, especialmente na Bretanha e na Normandia.  

Filial do tradicional restaurante francês Caviar Kaspia, o Kaspia Brasil oferece Pain et Crabe como sugestão de entrada, e a receita consiste em mini-pães de batata com centolla, o caranguejo gigante que habita as águas geladas do sul do Chile, além de lagostim e creme de raiz forte. Uma explosão de sabores. 

 

 Café Cherie  

O Café Cherie, extensão de moda da marca de luxo e lifestyle Dra. Cherie, é uma das cafeterias mais visitadas do bairro do Jardins com um ambiente totalmente Instagramável e opções gastronômicos em all pink. A casa conta com o seu delicioso e tradicional misto quente, que leva pão brioche, queijo canastra e presunto. Para fechar, tem adição de uma crosta de queijo derretido, impossível resistir a esta tentação! 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 24 de abril

Dia 24 de abril

O bem-estar tornou-se um tema central, e hoje vamos explorar como os franceses têm se adaptado a esta...

Instagram

Twitter