Publicidade

FASHION RIO – DIA 2
O dia hoje foi de Lucas Nascimento, novo talento que estreia no Fashion Rio. Lucas vive em Londres há sete anos e trabalha com tricô. Por aqui, ficou conhecido por seus megacasacos e casulos tricotados em lã grossa, trabalho que cabia bem no inverno europeu. Para o mercado brasileiro Lucas mudou sua maneira de trabalhar. Em vez de agulhas enormes, produziu suas roupas em máquinas industriais de uma empresa do Sul. No backstage, ele me contou que estava contente com o rumo que as coisas tomaram e que agora inicia um vai e vem entre São Paulo e Londres.
Com styling esperto de Daniel Ueda, Lucas mostrou uma coleção totalmente “body conscious”, mas sem um pingo de vulgaridade. Mistura de texturas e cores, mais o uso dominante do lurex, resultaram em roupas quentes, coloridas, diferentes e bem bonitas. As formas são secas, com foco nos ombros arredondados, em delicados casaquetes-casulos. Muito bom começo. Com essa coleção, ele dá uma nova cara ao trabalho em tricô, contemporânea e criativa.
* Quem também apostou em Lucas foi Paulo Borges. Boatos dão conta de que ele reservou uma cadeira para ver o desfile, sendo este o único desfile que assistiria.
* Não foi só Lucas que apostou no lurex. O tecido já é apontado com força e pontuou diversos desfiles deste dia. Na Cantão, outro destaque, ele apareceu misturado a cores e padronagens inspiradas nos bazares populares de Istambul. Bons os macacões e vestidos curtos e o trabalho de bordados nos ombros. Também adorei os lencinhos na cabeça. Um bom desfile.
* Walter Rodrigues continua apaixonado pela cultura japonesa. Esta não é a primeira nem a segunda coleção que ele faz de olho no Japão, mas ele conseguiu bons resultados, especialmente com os panôs superamplos, que beiravam o chão e que nos traziam uma sensação de acolhimento em meio àquele calor.
A marca mineira Printing encerrou a noite com um desfile longo e de trilha um pouco perturbadora. Mais lurex, mais ombros, mais brilhos, mais rock, tendências que estão se confirmando nesta estação. O ponto alto foi a série final, com uma riqueza de detalhes e incrivelmente bordada em belos tons de verde. Valeu a coleção. 

Lucas Nascimento e Cantão: as escolhas do segundo dia de desfiles

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Instagram

Twitter