Publicidade

O primeiro dia de Fashion Rio não trouxe muitas novidades. Tudo bem, serviu como um warm-up, e as pessoas vão, aos poucos, entrando no clima e se preparando para uma longa e movimentada cobertura.
Já nesse primeiro dia a gente já consegue perceber alguns rumos do Inverno. Os bureaus de tendências, há um bom tempo, revelaram que o gótico e o vitoriano voltam nesta estação e, como muitas marcas contratam esses especialistas em pesquisas, prepare-se para ver vários desdobramentos do tema.
A Ausländer, que abriu o evento, bebeu direto do rock gótico e misturou com o imaginário fetichista do fotógrafo Helmut Newton. O que poderia se transformar em uma imagem forte e impactante, ficou um pouco sem graça, com a repetição de camisetas e moletons masculinos. Frases como “porn is the new black”, escritas nas camisetas, hoje em dia não causam mais tanto efeito. O look de Reinaldo Bertotti, garoto-propaganda da Dior Homme, se aproxima mais do que esses meninos querem usar no inverno. Ponto para as boas calças masculinas e para a jaqueta de couro oversized feminina.
Giulia Borges também pegou um caminho parecido, com peças pretas, transparências, volumes e foco em golas e mangas. Suas meninas de saias curtas e volumosas tinham mais atitude e, ao longo da coleção, vemos que elas não são tão boazinhas quanto parecem. Ótimo o sapato pesadão e ponto para a jaqueta parte dos ombros e das costas bordados, em uma boa inserção de trabalho manual na coleção. As roupas, apesar de graciosas, passaram uma sensação de que já vimos em outros carnavais. Mas Giulia é talentosa e merece atenção.
Vamos lá que amanhã tem mais!
Desfile de Giulia Borges: primeiro dia no Píer Mauá

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Instagram

Twitter