Publicidade

por Júlia Xavier *

Na última semana trouxe uma reflexão sobre nossas próprias falhas e sobre nos tornarmos profissionais únicos. Por isso, hoje resolvi falar de um assunto que é um dos degraus para se tornar esse tão sonhado profissional: o networking.

Networking é uma palavra em inglês altamente utilizada no mercado, independente do país. É a capacidade de estabelecer uma rede de contatos, conexões com algo ou alguém.

Se você ainda não escutou alguma vez na sua vida que estabelecer um bom networking é importante, certamente escutará em breve. Isso porque, apesar de ser nosso esforço individual que nos leva ao sucesso, muitas vezes precisamos de apoio no meio do caminho. E eu não falo no sentido de “buscar atalhos”, e sim de se juntar a pessoas com habilidades diferentes das suas, para unidos alcançarem seus objetivos individuais.

Estou lendo ‘O Milagre da Amanhã’ e nele o autor Hal Elrod enfatiza a diferença que um bom círculo de amigos pode fazer em nossas vidas. Elrod afirma que pesquisas comprovam que nos tornamos parecidos com a média das cinco pessoas com as quais mais passamos nosso tempo. Assim, se convivemos com pessoas otimistas e determinadas, nos tornaremos naturalmente mais otimistas e determinados. E o mesmo ocorre caso estivermos convivendo com pessoas negativas e preguiçosas, isso se estenderá para nós.

Portanto, é essencial que busquemos manter relações com aqueles que acreditam no nosso potencial e nos incentivam a ser melhor a cada dia. Pois serão esses que estarão ao nosso lado e nos auxiliarão a alcançar grandes objetivos.

Mas veja bem, é lógico que nem sempre iremos conviver apenas com quem temos afinidade, e isso também é de extrema importância. Algo que aprendi no Vale do Silício foi: estar sempre com as mesmas pessoas te faz viver sempre as mesmas coisas. Ou seja, networking não é apenas sobre manter boas amizades que te colocam para cima, mas se conectar com o máximo de pessoas, pois cada uma delas possui uma experiência diferente. Se estiver disposto a conhecer uma pessoa nova por dia, imagina quantas histórias e repertórios novos e diferentes você terá! Pense que, se todo mundo estiver sempre concordando com você, é porque provavelmente você está dentro do senso comum. O que certamente nunca levará a criar algo inovador.

O que desejo que vocês reflitam é sobre como as relações agregam ou não na vida de vocês. Essas pessoas incentivam você a ser melhor? Auxiliaram de alguma forma a ser quem você é hoje? Você tem conhecido pessoas novas que pensam diferente de você? E mais importante: você está sendo essa pessoa para os outros? Está buscando impactar positivamente a vida deles? Afinal, o networking não deixa de ser uma troca. Procure agregar valor à existência daqueles que estão ao seu redor e desperte o melhor de cada um deles. (* Julia Xavier cursa Publicidade e Propaganda, e passou a se interessar pelo universo das startups, da inovação e do empreendedorismo após viagem ao Vale do Silício).

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Ping Pong por Cris Dios

Ping Pong por Cris Dios

Cris Dios é apaixonada pela natureza, pela cosmetologia natural e pelo cuidado com os fios de forma saudável....

Instagram

Twitter