Gloria Groove
Foto: Divulgação/Rodolfo Magalhães

Gloria Groove sobre estreia nas telinhas: “Isso é um caminho que já está escrito, inevitável”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

O momento é dela! Gloria Groove (drag queen vivida por Daniel Garcia) nem esperou esfriar o sucesso de “A Queda” para lançar outro single: “Leilão”, o terceiro do álbum “Lady Leste”, ainda sem data de lançamento. “Sei que sou uma artista que rompe barreiras em diversos níveis e me fascina ver a curva do meu processo de amadurecimento e valorização como artista nessa indústria”, analisa.

“O tom debochado-ostentação, convidando para um suposto leilão, ilustra a sensação de ser uma figura incomum na indústria e crescer de forma improvável num mercado dominado por grandes corporações”.

Gloria Groove, que afirmou que ter recusado trabalhos com certas empresas ao perceber que se tratava de “pink money”

Com sonoridade mais voltada para o hip hop, ela parte em busca da valorização do seu nome, de sua marca e carreira. “Quando comecei a apostar no meu trabalho, como drag queen, todas essas oportunidades eram apenas sonho. ‘Leilão’ é o meu jeito de dizer que tenho confiança em meu trabalho, que sei que é fruto do meu esforço, e que merece sim reconhecimento à altura”.

No clipe de produção elevada, a cantora interpreta três personagens, entre eles vindo de um mundo inspirado em “Labirinto do Fauno”, filme de Guillermo Del Toro. Em conversa exclusiva com o GLMRM, a artista comenta sobre estar na televisão, a sensação de alcançar diferentes públicos, seu alter ego, rotina agitada e amizade com Marina Sena. Mas, antes disso, dê o play!

Rede nacional

Participando do quadro “Show dos Famosos”, no “Domingão com Huck” (Globo), e trabalhando em clipes para lá de elaborados, a cantora não descarta atuar nas telinhas, seja na TV aberta ou em seriados. “Isso é um caminho que já está escrito, inevitável. Quero muito muito muito, só estou sentindo qual é o momento e se vou querer criar minha própria oportunidade, se vou querer me juntar a alguém, ou se estou esperando alguém escrever alguma coisa. A carreira musical tem tomado muito do meu tempo, atenção e dedicação, mas ela acaba sendo um showcase para todo o resto que eu posso fazer”, complementa.

Sono como cura

Com a rotina intensa, a cantora revela seu autocuidado básico necessário para voltar para si. “Tem algo que levo mais a sério e que agora tento trazer mais a política disso que é dormir. O sono é a cura para muitas coisas, porque já passei por muitas situações trabalhando, virar muitas noites. Eu poderia falar um ritual super rebuscado, mas isso é algo básico. Essa vida artística é tão maluca que, às vezes, nem sabemos se vai dar tempo de dormir. O meu luxo é ter oito horas de sono.”

Autoconhecimento

Ao contrário do que a maioria pensa, a figura de Lady Leste não está presente nos bastidores das produções. “Eu me divirto muito com o processo e não tenho o perfil de ficar cabeçando tudo, achando muito defeito. Quanto mais autoconfiança, menos fico encucada, exigente. Imagino que pela estética e imagem que passo como drag, pensam que sou mandona, mas soutão de boa, um nenenzinho (risos).”

“É algo que me faz muito feliz, parece que estou brincando de boneca, uma brincadeira organizada. Paixão é algo muito sério”

Gloria Groove sobre fazer clipes superproduzidos
Gloria Groove
Foto: Rodolfo Magalhães

Autoestima transformada

Em sua fase mais confiante, esse despertar ocorreu um pouco antes da música “Bonequinha”, que inaugurou a nova era. “Só escrevi essa música porque precisava de uma canção que desse cara para esse novo momento, que eu estava comigo. Eu faço arte desde criança, uma coisa foi emendando na outra e – em determinado momento – meu formato já era a Gloria, (então) tem fichas que vão caindo aos poucos. Minha autoestima foi completamente transformada com a chegada da Gloria Groove. Depois desse superpoder, por dizer assim, o Daniel [Garcia] se sente mais invencível. É algo que trouxe um pedaço da minha autoestima”, desabafa.

Gloria x Daniel

A artista relata que essa divisão muitas vezes é complicada. “Se estou em casa, muito na boa, a Gloria Groove me cobra sobre trabalho, sobre adiantar algo. Se estou na estrada há dois, três dias, o Daniel pensa: ‘Não vai dar atenção para o seu marido? Cuidar da casa?’. Acho que a pessoa nem precisa estar nessa vivência de alter ego, todo mundo vive isso em algum nível”, afirma.

“Se pensar em Daniel e Gloria como um casamento estamos vivendo uma lua de mel. A Gloria é minha vida profissional, apesar de não conseguir tirar ela da minha cabeça, porque artistas pensam em arte o tempo todo. Tem a vida do Daniel, as minhas coisas e tudo que eu fazia antes da Gloria”.

Gloria Groove
Gloria Groove
Foto: Rodolfo Magalhães

Por Supuesto

Gloria, que coleciona parcerias de peso, anda rasgando elogios para Marina Sena nas redes sociais. “Ela é uma das pessoas mais apaixonantes. É exatamente o que você pensa que ela vai ser. Eu acompanhava a Marina desde o Rosa Neon, desde a época do “Ombrinho”. Quando ela soltou o “Voltei para Mim” e depois o álbum “De Primeira”, nossa, fiquei viciada, passei mal.”

“Um dia Mari Gonzalez, uma das pessoas mais icônicas deste mundo, que chamamos de RP Baianinha por promover encontros artísticos (risos), me chamou para ir ao karaokê com ela e Marina. Pensei: ‘O que?’. A gente se conheceu assim, cantando Rita Lee juntas”, conta ela, que não descarta um feat. com a mineira. “Com certeza faremos um, eu já enchi o saco falando que sou fã dela.”

Você também pode gostar