Procedimentos estéticos
Getty Images

Profissional explica como procedimentos estéticos são eficazes e alerta: “Estética não é receita de bolo”

6 Compartilhamentos
6
0
0
0
0

Em plena expansão, o mercado de estética e cuidados pessoais brasileiro cresce cerca de 5% ao ano, segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC). Mas, os interessados ainda esperam “milagre” dos procedimentos e até dos produtos, o que já está mais do que comprovado que não existe e, em muitos casos, causam problemas sérios de saúde. E engana-se quem acha que isso só acontece com a chegada do verão. A diretora técnica da clínica Umma.Hof, Eliane Araújo Pimenta, conta que as pessoas chegam ao consultório com os pedidos “impossíveis”, como ‘tenho uma festa daqui alguns dias e preciso emagrecer’ ou o clássico: ‘quero fazer igual a minha amiga’, mas a especialista em estética explica: “Cada pessoa é uma pessoa e o tratamento funciona de um jeito de forma individual, por isso um protocolo pode não funcionar de forma igual. É preciso entender a rotina e o objetivo; estética não é receita de bolo. É necessário fazer um histórico, avaliar possíveis problemas de saúde, como pressão, questões cardíacas e mais”, afirma Eliane.

A profissional ainda indica três pontos essenciais para ter um resultado positivo e relação de confiança: individualidade nos procedimentos com avaliação do que é mais indicado para cada pessoa; ética profissional em que o especialista precisa ser transparente com quem o procura, saber se os procedimentos vão atender as necessidades, não tratar como “venda” (apenas por dinheiro) e criar um programa de tratamento individual. O terceiro ponto são as intercorrências, já que tudo tem risco, mas o profissional tem que acompanhar, estar disponível, entender as questões das pessoas. “Sempre tem risco, mas tem que saber conduzir, o paciente precisa também de acolhimento”, afirma a farmacêutica esteta.

Um exemplo de procedimento eficaz, mas que precisa de indicação correta e produto eficiente é a injeção de enzima, indicado principalmente para o tratamento de celulite. As enzimas aumentam a circulação, diminuem edemas e melhoram o aspecto da pele. “As enzimas mais comuns, porém com fórmulas antigas, são mais gordurosas e oleosas e podem formar nódulos no local porque em alguns casos o corpo não consegue eliminar. É preciso escolher produtos mais aquosos, com fórmulas que queimam a gordura com mais eficácia, menos dor e roxos”, afirma a profissional, que ainda explica: a celulite tem 4 graus de severidade, sendo que cinco aplicações com enzimas, em um período de 15 dias de diferença de uma para outra, já são suficientes para obter bons resultados. “Lembrando que depende da avaliação de cada pessoa, necessidade e histórico”, finaliza a diretora técnica da Umma.Hof.

Você também pode gostar