Publicidade

Com a crescente compreensão da importância da saúde mental desde a infância, muitos pais buscam maneiras de apoiar o desenvolvimento emocional de seus filhos. Para isso, a psicóloga Patrícia Peixoto, com vasta experiência em terapia infantojuvenil, compartilha dicas práticas para que pais e responsáveis possam ajudar crianças e adolescentes a construir uma base emocional sólida.

“Quando falamos em desenvolvimento, não podemos negligenciar a esfera emocional. As crianças e adolescentes estão em um período crucial de formação, onde cada experiência pode gerar marcas profundas. Ensinar a eles como lidar com suas emoções e desafios é um investimento no futuro do seu filho, e também da sociedade,” explica Patrícia.

Comunicação aberta: Encoraje o diálogo em casa. As crianças e adolescentes precisam sentir que suas vozes são ouvidas e que suas emoções são válidas.

Resiliência através de exemplos: Seja um modelo de como lidar com desafios e frustrações, demonstrando habilidades de enfrentamento saudáveis.

Ambiente seguro:Certifique-se de que a criança e o adolescente tenham um ambiente onde se sintam seguros para expressar seus sentimentos sem medo de rejeição ou ridicularização.

Limite o tempo de tela: A especialista destaca a necessidade de equilibrar o tempo online com atividades offline, evitando a sobrecarga de estímulos digitais e promovendo interações sociais reais.

Atividades extracurriculares: Incentive atividades que promovam autoconhecimento, como artes, esportes e música, para ajudar no desenvolvimento de habilidades socioemocionais.

Ensine a autocompaixão: “É fundamental que os jovens aprendam a se perdoar, a se tratarem com carinho e a reconhecerem que todos cometem erros,” diz Patrícia.

Busque apoio profissional quando necessário: Nem sempre os pais terão todas as respostas. Em momentos de crise ou dificuldades persistentes, não hesite em buscar a ajuda de um profissional.

Patrícia Peixoto ressalta:

“O desenvolvimento emocional é uma jornada contínua, e cada criança é única. O que mais importa é que elas saibam que têm o apoio e o amor incondicional de seus pais durante todo o processo. O apoio emocional na infância e adolescência é a base para adultos saudáveis, confiantes e equilibrados.”

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Dia 12 de Abril

Dia 12 de Abril

Festival de Cannes À medida que o Festival de Cannes se aproxima de seus 80 anos, Thierry Frémaux...

Instagram

Twitter