O cofundador do Facebook tem 530 hectares de terras no estado americano
O cofundador do Facebook tem 530 hectares de terras no estado americano || Créditos: Reprodução

Zuckerberg volta a enfurecer havaianos com compra de área de 243 hectares por quase R$ 300 milhões

3 Compartilhamentos
3
0
0
0
0
0
O cofundador do Facebook tem 530 hectares de terras no estado americano
O cofundador do Facebook tem 530 hectares de terras no estado americano || Créditos: Reprodução

O portfólio imobiliário de Mark Zuckerberg aumentou consideravelmente dias atrás, quando o cofundador do Facebook pagou nada menos que US$ 53 milhões (R$ 277,1 milhões) por uma propriedade de 243 hectares localizada em Kauai, uma das ilhas do Havaí, que pertencia a uma ONG local. Zuck já é dono de vários outros amplos terrenos que ficam lá, e que no total somam mais de 530 hectares. Em razão disso, os locais temem que ele acabe se tornando um “colonizador” da ilha, que tem cerca de 72 mil habitantes e área total de 143 mil hectares.

Dinheiro para isso certamente não faltará ao centibilionário, um dos únicos sete que ostentam o título atualmente, e cuja fortuna é estimada em US$ 115,9 bilhões (R$ 605,9 bilhões). A soma faz dele o quinto homem mais rico do mundo, mas muitos de seus vizinhos havaianos não querem saber do glamour dessas cifras e já se preparam para tentar impedi-lo na justiça de continuar comprando terras nos arredores de suas casas.

Zuckerberg começou a investir no Havaí em 2014, com a compra de um terreno de frente pro mar que lhe custou US$ 100 milhões (R$ 522,8 milhões). Em 2017, o rei das redes sociais chegou a entrar na justiça para comprar terrenos de milhares de quilômetros quadrados que pertenciam desde o século XIX a nativos do arquipélago americano que morreram sem deixar herdeiros, mas acabou desistindo da ação e do negócio dois anos depois. (Por Anderson Antunes)