26.09.2017  /  12:10

Zuckerberg fatura US$ 1 bi na bolsa graças ao Instagram. Na cola dele, um brasileiro…

Mark Zuckerberg e Eduardo Saverin || Créditos: Getty Images

Bastou a vice-presidente de soluções de marketing do Facebook, Carolyn Everson, declarar na segunda durante um evento em Nova York que o número de usuários ativos mensais do Instagram saltou de 700 milhões em abril aos atuais 800 milhões para que as ações do Facebook disparassem na bolsa e rendessem perto de US$ 1 bilhão (R$ 3,17 bilhões) em menos de uma hora no pregão desta terça-feira para o maior acionista da empresa, Mark Zuckerberg.

Por causa do bom humor dos investidores, o bilionário de 33 anos é o maior ganhador do dia até agora entre os membros do clube dos dez dígitos, com US$ 918 milhões (R$ 2,91 bilhões) em lucros na bolsa, quase o mesmo montante que desembolsou para comprar o Instagram há cinco anos. O patrimônio pessoal dele, que é o sexto homem mais rico do mundo, é de US$ 68,6 bilhões (R$ 217,3 bilhões).

Outro que deve estar comemorando a boa notícia é o brasileiro Eduardo Saverin, o segundo maior acionista do Facebook depois de Zuckerberg. Hoje o quinto homem mais rico do Brasil, Saverin, que aos 35 anos é o mais jovem entre os bilionários brasileiros, viu sua fortuna aumentar em US$ 120 milhões nesta terça e bater em US$ 9,6 bilhões (R$ 30,4 bilhões), quase o mesmo montante que o irmãos Marinho – donos do Grupo Globo, o maior do setor de mídia na América Latina – possuem juntos: US$ 10 bilhões (R$ 31,7 bilhões). (Por Anderson Antunes)