Mark Zuckerberg, cofundador e CEO do Face
Mark Zuckerberg, cofundador e CEO do Face || Créditos: Reprodução

Zuckerberg e outros 533 milhões de usuários do Facebook têm dados pessoais roubados por hackers

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0
0
Mark Zuckerberg, cofundador e CEO do Face
Mark Zuckerberg, cofundador e CEO do Face || Créditos: Reprodução

Um ataque orquestrado por hackers aos servidores do Facebook resultou no roubo de dados pessoais de mais de 533 milhões de usuários do site de relacionamentos e até mesmo do número de telefone de seu cofundador e CEO, Mark Zuckerberg. O crime, confirmado no último sábado pelo Face, teria acontecido em meados de janeiro, e ocorreu a partir de uma vulnerabilidade relativa aos números de celulares associados a perfis que, segundo o gigante das redes sociais, já foi resolvida.

Em nota para a “Bloomberg”, a assessoria de imprensa do Facebook minimizou o episódio, afirmando que a maior parte de tudo que foi roubado era formada por dados antigos e desatualizados. O Facebook conta atualmente com 2,8 bilhões de usuários mensais ativos, dos quais pelo menos 1,84 bilhão ainda acessam todos os dias seus perfis. (Por Anderson Antunes)